Toda cirurgia, por mais simples que seja precisa de repouso e cuidados após ser realizada. O mesmo acontece com a cirurgia de extração dos sisos. Apesar de ser bem tranquila, tirar o dente do juízo pode gerar algumas complicações no pós-operatório, principalmente, por conta da falta de cuidados. O cirurgião-Dentista Max Ferreira listou alguns problemas comuns que acabam surgindo após o procedimento e deu dicas bem simples para ter uma boa recuperação.

1 - Mau hálito

Alguns dias após a cirurgia, não se espante se, por um acaso, você sentir aquele cheirinho ruim vindo da boca. Max explica que o mau hálito acontece com frequência em pacientes que passaram por algum procedimento odontológico que precisou de suturas. "Normalmente ele está associado ao acúmulo de placa bacteriana na região da cirurgia, principalmente sobre os pontos. Isso acontece devido a dificuldade de higienização nos primeiros dias", explica o especialista.

2 - Sensibilidade

Normalmente o segundo molar, aquele dente que fica do ladinho do siso, apresenta uma sensibilidade temporária. Tudo por conta dos movimentos necessários feitos pelo dentista durante a cirurgia. "Isso se deve ao fato de incidirem muitas forças sobre ele durante o procedimento, servindo como apoio muitas vezes", comenta Max. Mas se espante, pois todo esse funcionamento é preciso devido a falta de espaço, e pela posição do siso, que fica lá atrás, bem escondido.

3 - Inchaço

Muita gente sofre com o lado do rosto inchado por conta da cirurgia, mas existe uma forma bem tranquila de prevenir esse incômodo. Tudo começa com um bom pré-operatório. "A área da cirurgia deve estar adequadamente higienizada, o paciente deve apresentar um bom estado de saúde geral, além do uso de medicações como corticóides e anti-inflamatórios não esteroides", indica. Depois de todo o procedimento, fora o repouso mais do que necessário, compressas de gelo sobre a área nas primeiras horas são bem indicadas.

4 - Dor

Dor após a cirurgia é normal. Afinal de contas, os tecidos são manipulados profundamente. "Essa dor é atenuada com as medicações prescritas e os cuidados pós-operatório. Caso não haja alívio nas primeiras 48 horas é de bom zelo reavaliar o paciente".

5 - Os pontos podem se romper

É possível que isso aconteça no meio de uma escovação, durante as refeições ou com algum movimento brusco feito próximo a boca. Se todos os cuidados não forem tomados, os pontos podem soltar e surgir uma alveolite. "Uma infecção na área da cirurgia devido a problemas na formação do coágulo e cicatrização". Melhor não passar por isso e tomar os devidos cuidados no pós-operatório.

Siga as orientações do dentista

O próprio dentista indica. "Muito repouso, alimentação líquida, pastosa e fria, evitar fazer bochechos, assim como o hábito de cuspir, aplicar compressas de gelo sobre a área nas primeiras horas, seguir corretamente os horários e as doses das medicações prescritas e manter contato com seu dentista para quaisquer dúvidas". E na hora da higiene, confie no poder da escova com ação de limpeza profunda. Ela vai realizar uma higiene completa e deixará seu hálito refrescante. Outra coisa bacana é que essa ferramenta possui cerdas azuis Indicator, que descolorem até a metade mostrando o momento certo de substituir a escova por uma nova.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Max de Aguiar Ferreira - Odontologista
Armação de Búzios - RJ
CRO-RJ :27553