Manchas e dentes escurecidos: escovar com maior frequência nem sempre funciona! Alguns costumes podem prejudicar a aparência do esmalte dentário. Além desses hábitos específicos, existem também bebidas que podem escurecê-los e prejudicar o sorriso como um todo. Para não perder o brilho dele, a cirurgiã-dentista Isrraela Moura explica quais são os principais líquidos que podem tirar a naturalidade da cor dos dentes. Evitar essas manchas é simples e envolve apenas repensar alguns comportamentos.

Manchas nos dentes surgem por diferentes motivos

Além das bebidas, algumas manchas podem aparecer em decorrência de outros fatores. Isrraela lista alguns. “Alimentos com corante em excesso geram o escurecimento dos deles. O tabaco, com a nicotina, provoca amarelamento. Já a fluorose é uma alteração que ocorre durante a formação dos dentes devido ao excesso de ingestão de flúor, causando uma tonalidade esbranquiçada ou exibir pequenas manchas e linhas brancas”, comenta.

Já outros comportamentos podem prejudicar e desgastar o esmalte dentário, fazendo com que ele fique mais fino. Dessa forma, a dentina, uma camada mais interna do dente, fique amarelada e comece a aparecer. Isso acontece, por exemplo, quando o paciente tem o hábito de escovar a arcada dentária com muita força ou com muita frequência. Também pode acontecer nos casos de bruxismo ou de erosão ácida.

Alguns líquidos podem manchar o dente

Já os líquidos são os responsáveis mais comuns por provocar essas áreas manchadas nos dentes. “Os vilões mais conhecidos são o chá mate, vinho tinto, o açaí, café e o refrigerante”, indica a profissional. Acontece que, quando consumidos com muita frequência, eles atingem a camada dentária e, aos poucos, as substâncias escurecem certas partes do dente, provocando as falhas coloridas.

As manchas representam risco para a saúde bucal?

Pode ser que sim e pode ser que não. “As manchas dentárias devem ser devidamente diagnosticadas por um cirurgião-dentista para que haja descarte da presença de outros problemas mais sérios”, explica a especialista. Existem falhas que são provocadas pela cárie, por exemplo. Assim, o profissional deve ser consultado. Afinal, mesmo que nenhum problema bucal esteja presente, existe o fator estético que pode incomodar muita gente. Para isso, o paciente pode escolher uma forma de tratamento para deixar o sorriso claro de volta. Não deixe de consultar seu dentista para realizar qualquer procedimento que seja. ;)

Cada tipo de mancha pede um tratamento específico

Os tratamentos podem ser variados e apenas o dentista pode recomendá-los. Buscar soluções na internet ou por indicações de amigos não é uma boa saída. Às vezes, o paciente pode acabar agravando o problema. Mas, Isrraela esclarece que a maioria dos procedimentos são sem simples, sendo o clareamento dental quase sempre o mais indicado. “Nos quadros mais severos, onde o clareamento dental não é suficiente, podemos indicar um recobrimento com resinas ou cerâmica, devolvendo a estética do sorriso”, finaliza.

Este artigo tem a contribuição da especialista:
Isrraela Moura Massena - Cirurgiã-dentista
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ 40985