A língua é um órgão muito importante para diversas funções, como: mastigação, deglutição, paladar e fala. Por isso, precisamos cuidar muito bem dela, não esquecendo de incluir sua limpeza durante os rituais diários de higiene bucal. Além de todas suas funções, você sabia que a língua também pode trazer indicações de doenças? Quando ela está muito lisa, por exemplo, pode ser um sinal de anemia. A dentista Dayany Sehnem explicou por que isso acontece e como pode afetar a saúde bucal.

Características da língua podem indicar problemas na saúde bucal

Além de todas as suas funções, essa parte do corpo também pode revelar informações sobre o estado de saúde de cada um. “Algumas doenças como gastrite, anemia, infecções por fungos, câncer, AIDS, diabetes e outras, podem levar a alterações na sua estrutura”, afirma a profissional. Essas mudanças podem ser relativas ao tamanho, cor, aspecto e presença de lesões, ardências e odor.

Incluir a língua na higiene bucal é essencial para evitar e se prevenir contra problemas

Por ser fundamental para tantas atividades do nosso corpo, é muito importante cuidar sempre da língua, que acaba muitas vezes sendo deixada de lado no momento de higiene bucal. “Diante dos sinais que a língua pode revelar sobre a saúde geral do corpo, uma higienização diária da língua, com auxílio da própria escova de dente ou com limpador lingual e o autoexame da língua são medidas preventivas e até mesmo de diagnóstico precoce”, afirma a dentista. Essa prevenção é muito importante, já que quanto mais cedo se procurar um cirurgião-dentista e começar o tratamento para eventuais problemas melhores serão as chances de uma boa recuperação.

O que pode significar a língua lisa? Como esse quadro afeta a saúde bucal?

“A língua lisa, ou seja, aspecto “careca” pode ser um indício de anemia por deficiência de ferro ou por anemia perniciosa, que é causada por uma deficiência de vitamina B12”, esclarece ela. Essa doença pode apresentar diversas manifestações bucais, por isso é importante a participação do cirurgião-dentista no seu diagnóstico e tratamento. “Pode-se dizer que as manifestações bucais em indivíduos anêmicos derivam, em sua maioria, de mecanismos fisiológicos compensatórios ou de episódios de hipóxia”, explica.

O tratamento desse sintoma envolve tanto dentista quanto médico

No caso de apresentar esse sintoma, é essencial procurar tanto um dentista quanto um médico para que seja feita uma correta investigação das possíveis causas dessa alteração na língua. “Assim, poderá ser feita uma abordagem multidisciplinar e tratamento do fator causal”, recomenda Dayany.

Quais aspectos são importantes para identificar a língua como saudável?

“Já sabemos que as características apresentada pela língua pode indicar desde halitose à câncer, por isso é tão importante os cuidados com sua higienização e observação”, explica. Segundo ela, a cor rosa é uma das indicações de uma língua saudável. Caso exista uma fina cobertura esbranquiçada, que é chamada de saburra, uma massa de células mortas, bactérias, muco e restos alimentares, basta caprichar na higiene bucal para que ela seja eliminada. “Mas se for persistente ou causar dor, e ainda houver qualquer outra alteração na língua, é necessário procurar um profissional”, alerta ela.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dayany Sehnem - Clínica Geral
Duque de Caxias - RJ
CRO- RJ 42830