É a primeira vez que você vai fazer uma profilaxia, a famosa limpeza nos dentes realizada no consultório dentário. É um procedimento bem tranquilo que vai deixar seus dentes mais saudáveis e a boca com aquela sensação refrescante. O resultado é mesmo incrível, mas não se esqueça que depois de passar pelo tratamento existem alguns cuidados que todo dentista costuma recomendar ao paciente. Quer saber quais são? O especialista Max Ferreira explica.

Tente não comer por algumas horas

Sabe aquela vontade de fazer um lanchinho após a consulta? Você vai precisar conter pelo menos por algumas horas. O dentista atenta que a alimentação, de uma forma geral, precisa ser evitada após a profilaxia, principalmente os alimentos mais pegajosos e ricos em carboidratos, como balas, hambúrguer e refrigerante. “O tempo de espera recomendado é de no mínimo meia hora, só que quanto mais tempo esse intervalo for respeitado, melhores serão os benefícios do flúor após a profilaxia”, relata.

Não precisa escovar os dentes em seguida

Quando você chegar em casa não precisa se preocupar em fazer a higiene bucal. Max explica que a limpeza após a profilaxia não é necessária, pois o flúor ainda precisa agir por mais tempo e assim garantir um melhor efeito ao tratamento. “Após duas horas do procedimento a escovação pode ser feita normalmente”, diz. Mantenha o hábito principalmente após as refeições para evitar o surgimento de doenças bucais e garantir um efeito maior da profilaxia.

Além da escovação, não deixe de usar os outros itens de limpeza, como o fio dental e o enxaguante. Todos esses produtos são essenciais para manter seu sorriso bonito, saudável e longe das doenças, como a cárie, gengivite e a periodontite. Faça esse ritual calmamente e em frente ao espelho. Nada de querer apressar as coisas fazendo a higiene bucal no banho, ok? Isso pode adiantar sua rotina, mas acaba atrasando sua saúde bucal.

Volte ao dentista regularmente

O cirurgião-dentista diz que não há uma periodicidade específica para a realizar a profilaxia. Normalmente, o intervalo de tempo varia de cada seis meses ou um ano, mas isso não é uma regra. “Vai depender do controle de placa do paciente, assim como do seu índice de cáries e da presença de patologias periodontais”, explica. Para saber se você precisa fazer essa limpeza, mantenha sempre contato com o seu dentista e frequente todas as consultas regularmente.