Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
11.01.2019

Limpeza dentária dói? O que você precisa saber antes de ir ao dentista

  Segundo o especialista, a limpeza dentária não dói! Mas pode ser diferente para pacientes que apresentam problemas gengivais
Segundo o especialista, a limpeza dentária não dói! Mas pode ser diferente para pacientes que apresentam problemas gengivais

Expert

André Alvim

André Alvim

CRO-RJ 24039

Especialista em Periodontia pela Odontoclínica Central da Marinha. Graduação pela Faculdade de Odontologia na Universidade Federal de Juiz de Fora, em 1998. Sua clínica tem como objetivo oferecer cuidado odontológico de alta qualidade, conforto e precisão, onde o conhecimento e a experiência dos dentistas são maximizados e aperfeiçoados com o uso de tecnologias digitais inovadoras, transformando o atendimento odontológico tradicional em uma experiência agradável

Como remover a placa bacteriana? Se dentes limpos e saudáveis é uma prioridade para você, está na hora de marcar uma limpeza dentária profissional. Ela é um procedimento feito no consultório do dentista que garante exatamente isso. Para ter uma boa higiene bucal, o paciente precisa ter uma rotina de limpeza adequada, fazendo a escovação e usando o fio dental diariamente. Mas, com o tempo, pode também ser necessário esse procedimento complementar com seu dentista. Contudo, muitos pacientes temem a hora de ir ao consultório com medo da dor. Por isso, consultamos o periodontista André Alvim para verificar se essa técnica realmente dói!

Limpeza dentária dói?

É comum sentir um certo desconforto por estar em um local em que não se está habituado. Mas para pacientes que têm uma gengiva saudável, a limpeza não provoca nenhuma dor. Para outros, apesar disso, pode-se sentir um incômodo maior. “Quando realizada em pessoas com propensão à sensibilidade dentária ou com a gengiva inflamada, pode sim causar dor”, comenta o especialista. Nesses casos, o profissional pode utilizar anestesias locais para aliviar o risco.

Na verdade, os dentistas podem ajudar muito nesse momento. “Ele pode esclarecer as dúvidas e passar segurança em relação ao procedimento. Além de combinar que, caso haja dor, o paciente sinalize para que isso seja evitado ou que se diminua a intensidade”, acrescenta ele. Por isso, não deixe de fora nada que você estiver sentindo. Confie no especialista e lembre-se que ele pode te ajudar! Além disso, deixe na sua mente que, se seus dentes e gengivas estão saudáveis, não há por que ter medo ;)

Para que serve a limpeza dentária?

A limpeza dentária serve principalmente para evitar possíveis doenças nos dentes e nas gengivas. Ela consegue remover todos os resquícios da placa bacteriana que o paciente não consegue durante o dia a dia. “Caso essa placa não seja removida, ela se mineraliza e passa a ser um cálculo ou tártaro”, alerta o profissional. O acúmulo da placa bacteriana é a principal causa de doenças bucais, como a gengivite e a cárie. Por isso, ela deve ser feita regularmente. O mais indicado é que isso aconteça de seis em seis meses.

É um procedimento indicado para todos os pacientes

Ninguém está livre da placa bacteriana. Dessa forma, o procedimento não possui nenhuma contraindicação e é indicado para todos os pacientes. Mas, ainda assim, é preciso observar o histórico do paciente e o estado da saúde bucal dele. “Apesar de ser um procedimento seguro, alguns cuidados são necessários, como por exemplo, em pacientes com histórico de endocardite bacteriana é necessário uma profilaxia antibiótica”, explica. Não esqueça de se consultar com o seu dentista para que o profissional possa verificar todas essas questões e a necessidade de algum tratamento complementar.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
André Alvim - Periodontista
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ 24039

Mais Matérias: Higiene Bucal
Dentes amarelados são sinal de má higienização?
Higiene Bucal
Dentes amarelados são sinal de má higienização?
É inevitável se preocupar com a presença de dentes amarelados na boca. Capaz de comprometer a estética de qualquer sorriso, a pigmentação pode estar ligada a uma série de fatores que vão desde doenças bucais, como a erosão dentária, à quadros genéticos que fogem...
Posso cuidar das cáries em casa?
Higiene Bucal
Posso cuidar das cáries em casa?
Não é incomum encontrar uma cárie no dente e lidar com os diferentes sintomas que esse...
com a participação de:
Ana Elisa da Silva
CRORS 13490
Quanto tempo depois de ter COVID-19 posso ir ao dentista?
Higiene Bucal
Quanto tempo depois de ter COVID-19 posso ir ao dentista?
Com a pandemia de covid-19 e o isolamento da quarentena, muitos hábitos tiveram que ser remanejados na rotina...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
A escova interdental é obrigatória para quem usa aparelho fixo?
Higiene Bucal
A escova interdental é obrigatória para quem usa aparelho fixo?
Você já ouviu falar na escova interdental ? Conhecida por promover uma higiene bucal mais eficaz, o acessório possui a função de limpar os espaços entre os dentes em que a escova e o fio dental não são capazes de alcançar. Justamente por isso, ela é bastante recomendada para pacientes...
Fio dental ou fita dental: existe diferença? Qual é o melhor produto para limpar entre os dentes?
Higiene Bucal
Fio dental ou fita dental: existe diferença? Qual é o melhor produto para limpar entre...
Que o uso do fio dental é fundamental para garantir uma boa higiene bucal não é novidade para...
com a participação de:
Igor Puga
CRO-RJ 28418
Bicarbonato de sódio e água oxigenada faz bem para a saúde bucal? Dentista explica a forma segura de usar essas substâncias
Higiene Bucal
Bicarbonato de sódio e água oxigenada faz bem para a saúde bucal? Dentista explica a...
Escovar os dentes com bicarbonato ou água oxigenada é uma atitude que tem se tornado cada vez mais...
com a participação de:
Ana Araújo
CRO-RJ: 19.220