As opções de tratamentos estéticos na odontologia vêm crescendo bastante nos últimos anos. Além do clareamento dental e das facetas de porcelana, os pacientes também podem contar com a colocação de lentes de contato para ter dentes mais bonitos, alinhados e brancos. Você já ouviu falar nessa técnica? Sabe como ela é feita, seus benefícios e cuidados após a colocação? O Sorrisologia convidou o especialista em dentística Vinícius Barçal, do Rio de Janeiro, para esclarecer 5 curiosidades sobre as lentes de contato dentais antes de apostar no procedimento.

1) As lentes são usadas para corrigir várias imperfeições dos dentes

De acordo com o dentista, as lentes de contato dentais ajudam a melhorar a parte estética e funcional de pacientes que estão insatisfeitos com seu sorriso. “Elas podem ser utilizadas para dar um novo formato aos dentes, corrigir apenas um dente que esteja com a coloração ou formato inadequado e até mesmo fazer a correção de toda a arcada, como é o caso de pessoas que têm a curva de sorriso invertida (sorriso triste), corredor bucal amplo (sorriso estreito), dentes curtos e diastemas”, explicou.

2) Para colocar as lentes, o paciente precisa estar com a saúde bucal em dia

Antes de investir nas lentes, é importante fazer um check-up para saber se sua saúde bucal está em dia. “É importante que o paciente não tenha gengivite, cáries e demais doenças bucais. Além disso, também é indicado a realização de outros tratamentos estéticos previamente a colocação das lâminas, como o clareamento”, disse o profissional.

3) O dentista precisa fazer um grande desgaste nos dentes

É fundamental que os pacientes fiquem cientes que, para a colocação das lentes, os dentes precisam passar por um grande desgaste em sua estrutura. Por este motivo, é importante que o procedimento seja realizado por um profissional especializado no assunto. Vinícius também alerta que a técnica é um caminho sem volta: “Mesmo que essa manipulação seja feita de forma conservadora, é irreversível. Por isso, o paciente não pode desistir deste tipo de tratamento, já que as lentes só podem ser removidas apenas para sua substituição”, atentou.

4) A colocação das lentes só pode ser feita com um dentista especializado

Para realizar este tipo de procedimento, devemos procurar um dentista especializado em dentística restauradora. Se for feito com qualquer profissional, a colocação das lentes pode ocorrer de forma inadequada, comprometendo a sua saúde bucal. “Sem preservar o desgaste mínimo, as lentes de contato podem apresentar um sobre-contorno que é uma espécie de degrauzinho entre a lâmina e o dente, este espaço pode acumular placa bacteriana que acaba evoluindo para uma cárie ou uma gengivite.

Outra coisa que pode acontecer é a lente ser colocada em excesso dentro das gengivas e causar a invasão do espaço biológico - que é a distância entre o osso e a gengiva livre. “Caso isso aconteça, pode ocorrer um processo inflamatório que gera a reabsorção do osso pelo nosso organismo. Em casos severos a situação acaba causando a perda dos dentes devido a falta de estrutura de suporte”, alertou.

5) Cuidados com as lentes após a colocação

Se você decidir colocar as lentes, vai precisar mudar certos hábitos, como não mastigar gelo, morder objetos e ter cautela ao comer alguns alimentos crocantes. Já os cuidados de higiene que devem ser realizados quando se usa a lente são os mesmos que existiam antes. Além da limpeza diária, com escovação após as refeições e uso de fio dental, é importante fazer visitas regulares ao dentista para revisões.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Vinícius Barçal - Odontólogo e Especialista em Estética
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 3979-7