A tecnologia está cada vez mais presente nos consultórios dentários. Seja nos aparelhos ortodônticos, no tratamento de doenças gengivais e periodontais ou para clarear os dentes, a odontologia está sempre nos surpreendendo com novidades que beneficiam os pacientes. Mas, além de todos esses recursos, os dentistas também podem contar com serviços de inteligência artificial (IA). O Sorrisologia entrevistou a dentista Cintia Bertoli, que explicou quais procedimentos já contam com essa tecnologia e como isso pode melhorar a saúde bucal.

Inteligência artificial e odontologia: entenda essa relação

Você sabe o que é Inteligência Artificial? “De uma forma simples podemos definir a Inteligência Artificial como uma ciência computacional que tem como objetivo criar sistemas que funcionem de forma inteligente e independente”, esclareceu. A dentista também explica que, atualmente, existem ferramentas no consultório odontológico que contam com essa tecnologia, entre eles estão os recursos para a realização de diagnósticos, planejamentos e até tratamentos dentários.

Recursos de inteligência artificial que o paciente já pode encontrar no consultório odontológico

Os dentistas já contam com vários recursos de inteligência artificial nos consultórios. A especialista revela que essa tecnologia pode participar de tratamentos do início ao fim, prevendo até mesmo os possíveis resultados do cuidado a ser aplicado. Sendo assim, os pacientes já podem encontrar os seguintes recursos:

- Todo o tratamento pode ser realizado virtualmente com uma previsibilidade dos resultados finais mesmo antes de iniciá-lo. Isso ajuda a evitar possíveis erros clínicos não previstos durante o diagnóstico e o plano de terapia;

- Escaneamento intra-oral, que evita as moldagens incômodas e imprecisas.

- O CAD-CAM, um sistema extremamente eficaz para a fabricação de coroas e próteses fixas visto que é dotado de novas tecnologias que automatizam o trabalho do dentista.

Com esses tratamentos, você pode contar com os seguintes benefícios:

- Aumento na beleza estética e criação de peças com aparência mais natural;
- Aumento de eficácia na realização de peças dentárias: maior rapidez e precisão;
- Tornam possíveis atendimentos em uma única consulta;
- Criação de peças mais resistentes;
- Diminuição do desconforto causado ao paciente em diversas sessões de moldagem;
- "Este processo de restauração se difere do processo convencional principalmente porque consegue fazer e aplicar a prótese no mesmo dia. Em outros casos, sem a utilização da tecnologia, ocorre a utilização de próteses temporárias por uma ou mais semanas enquanto o laboratório produz a restauração fina", afirmou a profissional.

Como a inteligência artificial pode beneficiar a saúde bucal do paciente?

“Com a inteligência artificial o paciente pode ter, através de imagens 3D reais de sua boca, todas as orientações sobre os cuidados necessários para manter a saúde oral”, ressaltou Cintia. Entre os benefícios para a saúde bucal do paciente estão:

- Identificar cáries ainda no início ou necessidade de profilaxia;

- Previsibilidade e proposta de tratamentos mais adequados para cada tipo de problema;

- Identificar riscos aos dentes e gengivas devido aos hábitos de alimentação e falta de cuidados na higiene;

- Evitar deslocamentos e marcações de consultas presenciais desnecessárias.