Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
15.03.2017

Implante dentário: é possível ter complicações após o procedimento?

Expert

Paulo Moreira

Paulo Moreira

CRO: 40086

Especialista em cirurgia e Implantodontia.
Produto Relacionado:

A falta de um ou mais dentes, que antes atrapalhava o dia a dia das mais variadas formas, finalmente poderá ser resolvida. Ao pesquisar sobre as vantagens do implante dentário, a lista de benefícios parece não ter fim, não é? Mas por mais empolgante que um novo sorriso possa ser, é importante ter bastante atenção aos riscos que envolvem o procedimento para que tudo saia conforme o esperado. Aproveite para tirar suas dúvidas e descobrir quais devem ser os cuidados com a ajuda do dentista Paulo Moreira.

Como é feito o procedimento

Implantar um dente, de fato, é uma das melhores opções para recuperar a função e estética do elemento que estava em falta na cavidade oral. Na teoria, o processo é simples de ser explicado: por meio de uma cirurgia são colocadas raízes artificiais de metal dentro do osso, logo abaixo da gengiva, que funcionarão como suporte para a prótese dentária. Para que tudo dê certo, no entanto, é preciso que alguns passos sejam seguidos pelo dentista e pelo paciente.

Para cada caso, cuidados diferentes

Na prática, Paulo conta que existem várias possibilidades cirúrgicas para reabilitações com implantes. “O que acontece é que alguns casos são mais complexos e apresentam mais chances de complicações pós-operatórias”, explica o dentista. Segundo ele, nessas situações, cabe ao profissional escolher a melhor técnica cirúrgica e os protocolos corretos. Já ao paciente, cabe seguir a risca as orientações pós-operatórias indicadas para minimizar quaisquer problemas.

É possível perder o implante?

O dentista conta que, atualmente, o índice de sucesso da implantodontia supera 98%. O número, apesar de bem alto, também deixa claro que existe a possibilidade, ainda que pequena, de que algo não saia como o esperado. "Os motivos podem ser, entre outros, por falta de estabilidade e aquecimento do tecido ósseo durante a instalação do implante. Ambos podem prejudicar a cicatrização e com isso levar à sua perda”, esclarece.

Os riscos

Tudo deve ser levado a sério em todas as etapas. O especialista explica que contaminações e infecções são ameaças tanto durante quanto após o procedimento e, por isso, devem ser combatidas com cuidados redobrados. “Se as suturas abrirem dias depois da cirurgia, por exemplo, o especialista deve ser comunicado imediatamente, já que infiltrações bacterianas locais e infecções são riscos reais”, ressalta.

Na relação de riscos, no entanto, é possível tirar uma preocupação da lista: se existe algum temor quanto a rejeição do corpo ao implante dentário, Paulo tranquiliza com a notícia de que o material utilizado é biocompatível, confeccionado em titânio com alto grau de pureza e, portanto, bem recebido pelo organismo.

Previna-se de problemas

É importante lembrar que a prevenção começa ainda antes da cirurgia. No consultório, por exemplo, todo material usado deve ser esterilizado. O paciente também faz sua parte usando medicamentos que agem diretamente na gengiva e mucosas, mas sempre com a orientação do profissional. De acordo com Paulo, esse procedimento é importante para que nenhuma contaminação aconteça e surpresas desagradáveis sejam evitadas.

Já no pós-operatório, o dentista ainda reforça a importância do uso correto de antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos. Outro detalhe essencial é fazer sempre uma boa higiene e deixar a boca livre de perigos durante a cicatrização. Por fim, vale reforçar: o bom resultado depende um pouco de cada parte envolvida, por isso, siga todo o protocolo prescrito pelo profissional.

Mais Matérias: Implante Dentário
Cirurgia guiada odontológica: dentista esclarece 5 dúvidas sobre o procedimento tecnológico
Implante Dentário
Cirurgia guiada odontológica: dentista esclarece 5 dúvidas sobre o procedimento...
Você já ouviu falar em cirurgia guiada? Na odontologia, qualquer tipo de procedimento cirúrgico...
com a participação de:
Daniele Machado
CRO-RJ 26.953
Membrana L-PRF: conheça esse novo tipo de enxerto usado nas cirurgias de implantes
Implante Dentário
Membrana L-PRF: conheça esse novo tipo de enxerto usado nas cirurgias de implantes
Quando se trata de procedimentos odontológicos, o implante dentário é, certamente, um dos mais temidos entre os pacientes. Afinal, quem nunca ouviu dizer que a cirurgia possui um processo de cicatrização demorado e outras histórias? Mas, se você está pensando em resolver o incômodo da...
Ancoragem esquelética em ortodontia com miniimplantes: conheça os benefícios da técnica no tratamento ortodôntico
Implante Dentário
Ancoragem esquelética em ortodontia com miniimplantes: conheça os benefícios da técnica...
Bráquetes, arcos, elásticos e anéis : o aparelho ortodôntico fixo é formado por...
com a participação de:
Andréia Cotrim Ferreira
CRO-SP: 39000
Odontologia 3D: Saiba mais sobre a tecnologia odontológica que permite imprimir implantes dentários em titânio
Implante Dentário
Odontologia 3D: Saiba mais sobre a tecnologia odontológica que permite imprimir implantes...
Não dá para negar: a tecnologia é uma grande aliada quando o assunto é revolucionar a área da saúde. Na odontologia, por exemplo, inúmeros aparelhos já foram desenvolvidos, trazendo grandes avanços tanto na parte do diagnóstico de doenças, como na parte de tratamento....
5 dicas de como cuidar do seu implante dentário
Implante Dentário
5 dicas de como cuidar do seu implante dentário
Devido à perda de um dente, você precisou colocar implante dentário . Faz pouco tempo que você ganhou esse novo elemento e ainda não sabe muito bem como cuidar e limpar do seu sorriso ao longo do dia. Para fazer o seu renovado cartão de visita implantado durar por muito mais tempo, o Sorrisologia separou 5...
O que pode causar a perda de um implante? Saiba mais sobre a peri-implantite
Implante Dentário
O que pode causar a perda de um implante? Saiba mais sobre a peri-implantite
O implante é uma ótima alternativa para quem perdeu os dentes , mas é preciso ter em mente que...
com a participação de:
Diego Limoeiro
CRO-RJ: 31146