Quando crianças, os pais fazem questão do filho aprender a rotina de higiene bucal: escovar os dentes e passar o fio dental antes e depois de dormir. Mas isso pode acabar se tornando um processo mecanizado, fazendo com que as pessoas não entendam a importância de ter uma boa saúde oral. Por isso, falamos com o periodontista André Alvim para explicar por que que a higienização é tão importante, em especial a noturna. Então, é hora de botar a preguiça de lado, escovar os dentes e não esquecer da higiene à noite.

A higienização é a melhor forma de prevenção

Deixar a região bucal limpa e em dia é a garantia de evitar o aparecimento de algumas doenças. Escovar e passar o fio eliminam restos de alimentos e bactérias que cobrem os dentes, formando a placa bacteriana. Se esses agentes ficam na região por muito tempo, pode ser que aconteça o desenvolvimento de alguns problemas bucais, como a cárie e o tártaro. “Ter uma rotina em que se escove os dentes três vezes ao dia nas principais refeições, com uso do fio dental, ajuda a evitar doenças como a gengivite e a periodontite”, acrescenta o profissional. Por isso, é importante ter esses hábitos de limpeza dentro da rotina. “Tenha em mente que, na higienização, é trabalhada a prevenção ao invés de ter que tratar o problema bucal depois”, completa o especialista.

É preciso escovar os dentes três vezes ao dia

Escovar os dentes é tão rotineiro que para muitos é quase como se vestir. Mas é muito importante lembrar que fazer isso não é uma atividade única durante o dia. Deve-se fazer a limpeza, no mínimo, 3 vezes ao dia. Sempre depois das refeições principais, depois de acordar e, principalmente, antes de dormir. Vale lembrar também que outros itens devem ser incluído na higienização. “O fio dental alcança locais que as cerdas das escovas não chegam, devendo assim ser usado como atividade complementar”, comenta.

Por que devemos escovar os dentes à noite?

Tudo bem, sabemos que quando chega a hora de dormir é normal sentir preguiça de levantar da cama. Mas essa tarefa é uma importante. Acontece que durante toda a madrugada, a boca pode se tornar um lugar propício para uma formação ainda mais fácil da placa bacteriana. “Quando dormimos ocorre uma diminuição do fluxo salivar, que tem como uma das funções a limpeza mecânica da boca e dos dentes, além do controle do pH do meio bucal”, explica ele. Assim, a boca perde uma de suas maiores aliadas: a saliva. Então, uma boa saúde oral nesse momento depende apenas da higienização do paciente.

Assim, a higienização noturna é a mais importante e, portanto, a mais criteriosa. Por isso, o periodontista alerta para o método correto de realizá-la. “Devemos de lembrar de usar o fio dental e um limpador de língua. Em alguns casos, quando recomendado por um dentista, usar também o enxaguante bucal”, comenta. Por isso, se você não sabe quais outros itens devem ser utilizados nessa hora, converse com um dentista. Dessa forma, o especialista irá analisar o estado de sua higiene bucal e fazer as melhores recomendações.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
André Alvim - Periodontista
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ 24039