Ter uma rotina saudável é essencial para o bem-estar de qualquer pessoa. Para as grávidas, essa atenção precisa ser redobrada, principalmente durante o período de formação do feto. Adotar uma boa alimentação, evitar maus hábitos e praticar uma higiene bucal correta ajudam a prevenir muitos complicações durante esse período, como a má formação da face e o problema de fenda palatina. Quem explica ao Sorrisologia a importância desses cuidados é o patologista bucal Daniel Cohen.

Evite os maus hábitos e alguns medicamentos

Quando a causa da fenda palatina não é genética, existe uma série de fatores externos que podem estar relacionados aos maus hábitos do dia a dia. Entre eles, o consumo de bebidas alcoólicas e o tabagismo materno. "Por conseguinte, fumar e beber durante a gestação além de senso comum, deve ser abolido por completo", garante o especialista. Fora isso, o uso de remédios anticonvulsivantes também deve ser avaliado. Caso o tratamento não possa ser interrompido, a ingestão de fenitoína precisa ser evitada. "Esse medicamento está fortemente associado com a ocorrência de fendas orofaciais durante a gestação".

Pratique uma higiene bucal correta

Realizar o ritual higiênico dos dentes, língua e boca, é fundamental. Não apenas para evitar o risco da gengivite durante a gravidez, mas também para prevenir o desenvolvimento do granuloma gravídico, uma lesão muito comum em gestantes. "A cavidade bucal é uma porta de entrada para micro-organismos patogênicos, e durante a gravidez este cuidado deve ser redobrado". O feto em formação fica muito suscetível a agentes externos e isso sempre deve ser levado em consideração. Lembre-se, o que afeta a futura mamãe pode resultar em consequências para o bebê que está crescendo dentro da barriga.

Tenha uma alimentação saudável

"A gestante deve consumir uma dieta balanceada e rica em frutas e vegetais, para garantir o melhor estado de saúde sistêmico", conclui. Por isso, não poupe os alimentos com grande quantidade de ácido fólico e Vitamina B, como o fígado, maçã e brócolis. Esses nutrientes são primordiais no cardápio de uma gestante que sonha com a saúde e bem-estar do seu pequeno, além de fazer um bem danado para o próprio organismo dela. Agora que você já sabe de todos os cuidados, não deixe de praticar cada um deles, certo?

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Daniel Cohen Goldemberg - PhD. Estomatologia e Patologia Bucal
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 29267