Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
08.04.2016

Herpes na boca: causas, sintomas e o tratamento certo

Expert

Cláudia Maria Duarte de Sá Guimarães

Cláudia Maria Duarte de Sá Guimarães

CRM: 52-42310-9

Especialista em Dermatologia, Pericia Médica e Termografia Médica na USP. Membro da SBD, SBCD, SBL, ASLMS e autora de livros sobre ACNE, SABONETES E XAMPUS e capítulos de livros sobre ACNE e tratamento de ONICOMICOSE com laser( além de artigos científicos sobre o tema). Palestras no Brasil e no exterior sobre aplicações clinicas dos laseres. Coordenadora do departamento de Laser da Sociedade de Dermatologia do Rio.

Ele caminha pelas terminações nervosas até atingir a primeira camada da pele, a epiderme. Depois disso, começam as alterações nas células do local e aparecem aquelas pequenas bolinhas agrupadas, formando as lesões do herpes na boca. "É uma doença viral que pode se apresentar de duas formas de acordo com o tipo de vírus, herpes zoster e herpes simples", afirma Cláudia Sá, coordenadora do departamento de Laser da Sociedade de Dermatologia do Rio. Entenda mais sobre esse assunto e saiba quais são os tratamentos.

As lesões acontecem com a baixa imunidade

Herpes na boca causa um incômodo danado, não é? Além das dores e da questão estética, as lesões podem atrapalhar ações simples do dia a dia. E são muitos os fatores que podem causar as crises de herpes labial, como uma febre, estresse ou quando o portador fica muito tempo em contato com os raios solares. Todas essas situações reduzem a imunidade da pessoa e resulta na lesão do vírus. "O herpes simples labial geralmente aparece quando há diminuição da imunidade local, quando por exemplo o portador do vírus expõe-se demasiadamente ao sol". O melhor jeito é proteger sua pele e o organismo dessas possíveis alterações.

Os sintomas são bem visíveis

"As lesões em forma de vesículas, pequenas bolhas, são precedidas por ardência ou coceira no local e duram de uma a duas semanas de acordo com a presença de contaminação bacteriana secundária ou não", explica a dermatologista. Além da baixa imunidade, a falta do tratamento adequado com antiviral tópico facilita a invasão de bactérias presentes na pele. Isso faz com que essas lesões se infeccionem, causando dor e inchaço local. O que você precisa é tratá-las o quanto antes.

Como tratar o herpes?

Para que as lesões curem mais depressa e seus efeitos sejam menos agressivos, a profissional indica um tratamento precoce da doença. "Geralmente a pessoa que tem herpes labial já apresentou o problema outras vezes, e sabe que se usa o medicamento tópico prescrito logo no início dos sintomas, terá um herpes bem menor e com menos consequências inflamatórias ou cicatrizes", explica. Seja a manifestação do herpes primeira vez ou recidiva, não hesite em procurar um profissional para descobrir suas causas e, assim, encontrar o melhor tratamento para você.

Este artigo tem a contribuição da especialista:
Dra. Cláudia Maria Duarte de Sá Guimarães - Dermatologista
Rio de Janeiro - RJ
CRM: 52-42310-9

Mais Matérias: Herpes Labial
Herpes bucal x ansiedade: entenda como esses dois estão interligados e como prevenir a manifestação da doença
Herpes Labial
Herpes bucal x ansiedade: entenda como esses dois estão interligados e como prevenir a...
Você sabia que a ansiedade pode ser a causa de alguns problemas bucais? Entre eles, está a herpes ....
com a participação de:
Daniel Cohen Goldemberg
CRO-RJ: 29267
Herpes labial: o que é? Como surge? Quais são os sintomas? Qual é o melhor tratamento? Saiba tudo sobre o assunto
Herpes Labial
Herpes labial: o que é? Como surge? Quais são os sintomas? Qual é o melhor tratamento?...
Você desconfia que está com herpes labial? Olhar para o espelho e notar uma feridinha na boca pode...
com a participação de:
Dulce Helena Cabelho Passarelli
CRO-SP: 35856
Início do herpes na boca: veja como identificar os primeiros sintomas
Herpes Labial
Início do herpes na boca: veja como identificar os primeiros sintomas
Você já teve herpes na boca? Essa doença é muito conhecida por seu poder de...
com a participação de:
Dulce Helena Cabelho Passarelli
CRO-SP: 35856
Herpes labial na infância pode resultar de um sistema imunológico enfraquecido
Herpes Labial
Herpes labial na infância pode resultar de um sistema imunológico enfraquecido
Uma criança com febre pode significar diversas coisas, inclusive, herpes labial . Isso mesmo! Bolhas...
com a participação de:
Vânia Côrtes
CRO PR 14.282
Gengivite estomatite herpética: conheça o quadro e saiba os riscos durante a infância
Herpes Labial
Gengivite estomatite herpética: conheça o quadro e saiba os riscos durante a infância
Os papais e as mamães de plantão sabem como deve ser o cuidado para que os pequenos não...
com a participação de:
Vânia Côrtes
CRO PR 14.282
Herpes labial e intolerância a glúten: entenda a relação
Herpes Labial
Herpes labial e intolerância a glúten: entenda a relação
Você já deve ter lido em algumas embalagens de comidas a seguinte frase: contém glúten. O...
com a participação de:
Ludimila de Gouvêa Cerqueira e Ferreira