Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
12.01.2018

Herpes labial: você sabe os cuidados necessários para evitar as crises durante o verão?

Para quem sofre com o vírus do herpes, já sabe que não há uma cura. No entanto, existem maneiras de evitar as crises. Além disso, durante o verão, é comum que os pacientes apresentem os sintomas da doença e sua reativação. Isto acontece, principalmente, devido a grande exposição ao sol. Para ajudar você a contornar essa situação, reunimos dicas de profissionais para que você possa aproveitar o verão livre desse incômodo.

Por que o herpes aparece mais no verão?

Para quem sofre com crises do herpes, perceber as temperaturas subindo é saber que, a qualquer momento, o vírus pode se manifestar novamente. “A radiação solar tem o poder de diminuir a imunidade local da pele, além de danificar a camada de proteção superficial nos casos de exposição prolongada ao sol”, explica Dra. Paula Periquito. Assim, é comum do herpes labial surgir nessa estação do ano. Para evitar esses episódios, a médica indica a aplicação de protetor solar e hidratantes. E para aqueles que sofrem com a repetição de crises, podem ser indicados ao tratamento denominado “de supressão”. Além disso, é importante consultar-se com um profissional para controlar o problema.

Existem maneiras de evitar o herpes

Apesar de ser uma doença comum e surgir frequentemente durante o verão, o paciente pode conseguir evitar o seu aparecimento. “O herpes inicia com sensação de prurido ou queimação no local onde surgem pequenas bolhas agrupadas geralmente de forma circular”, esclarece a Dra. Renata Ayd. O controle e cuidado com a imunidade contribui para a prevenção do vírus.

Isto porque seu aparecimento é diretamente ligado ao momento em que o corpo está com a defesa enfraquecida. Para isso, é indicado tomar cuidado com a alimentação, exposição excessiva ao sol e atenção com a pele, como o hábito de usar hidratante labial com fator de proteção solar. “Sempre que a mucosa está íntegra, a barreira cutânea preservada, a pele tem maior capacidade de regeneração e proteção e o vírus tem menor chance de surgir novamente”, completa a profissional.

Fique atento ao contágio

O vírus do herpes é altamente contagioso. Geralmente, ele é transmitido através do contato direto, como por meio do uso compartilhado de objetos e pelo beijo. Pensando nisso, os pacientes que passam pela crise devem prestar atenção à troca da escova de dente. “O vírus pode permanecer durante algum tempo nela e deve se evitar deixar essa escova em contato com outras escovas de dentes, pois assim poderá contaminar outras pessoas”, comenta o dentista Johnathan Marcondes.

- Dra. Paula Periquito - CRM-RJ: 52.79985-8

- Dra. Renata Ayd - CRM: 52.67984-4

- Dentista Johnathan Marcondes - CRO-PA: 4456

Mais Matérias: Herpes Labial
Herpes bucal x ansiedade: entenda como esses dois estão interligados e como prevenir a manifestação da doença
Herpes Labial
Herpes bucal x ansiedade: entenda como esses dois estão interligados e como prevenir a...
Você sabia que a ansiedade pode ser a causa de alguns problemas bucais? Entre eles, está a herpes ....
com a participação de:
Daniel Cohen Goldemberg
CRO-RJ: 29267
Herpes labial: o que é? Como surge? Quais são os sintomas? Qual é o melhor tratamento? Saiba tudo sobre o assunto
Herpes Labial
Herpes labial: o que é? Como surge? Quais são os sintomas? Qual é o melhor tratamento?...
Você desconfia que está com herpes labial? Olhar para o espelho e notar uma feridinha na boca pode...
com a participação de:
Dulce Helena Cabelho Passarelli
CRO-SP: 35856
Início do herpes na boca: veja como identificar os primeiros sintomas
Herpes Labial
Início do herpes na boca: veja como identificar os primeiros sintomas
Herpes na boca: já passou por esse problema? Conhecida por ser uma infecção contagiosa que...
com a participação de:
Dulce Helena Cabelho Passarelli
CRO-SP: 35856
Herpes labial na infância pode resultar de um sistema imunológico enfraquecido
Herpes Labial
Herpes labial na infância pode resultar de um sistema imunológico enfraquecido
Uma criança com febre pode significar diversas coisas, inclusive, herpes labial . Isso mesmo! Bolhas...
com a participação de:
Vânia Côrtes
CRO PR 14.282
Gengivite estomatite herpética: conheça o quadro e saiba os riscos durante a infância
Herpes Labial
Gengivite estomatite herpética: conheça o quadro e saiba os riscos durante a infância
Os papais e as mamães de plantão sabem como deve ser o cuidado para que os pequenos não...
com a participação de:
Vânia Côrtes
CRO PR 14.282
Herpes labial e intolerância a glúten: entenda a relação
Herpes Labial
Herpes labial e intolerância a glúten: entenda a relação
Você já deve ter lido em algumas embalagens de comidas a seguinte frase: contém glúten. O...
com a participação de:
Ludimila de Gouvêa Cerqueira e Ferreira