Você já deve ter lido em algumas embalagens de comidas a seguinte frase: contém glúten. O que para muitos costuma passar despercebido, para outros é essencial que esteja especificado, para evitar problemas. Aqueles que têm intolerância ao glúten precisam evitar alimentos que contenham essa substância. Esse quadro pode levar à baixa no sistema imunológico dessa pessoa, o que abre espaço para o aparecimento de outras doenças, entre elas o herpes labial. Conversamos com a nutricionista Ludimila Gouveia para entender melhor o assunto.

O que é a intolerância ao glúten?

A intolerância ao glúten acomete indivíduos de três grupos: celíacos, alérgicos e sensíveis ao glúten não celíacos. A doença celíaca, por exemplo, acontece devido a uma dificuldade em digerir esse composto. O glúten é uma proteína que está presente no trigo, na cevada, na aveia e no centeio, e quem possui esse quadro deve evitar o consumo de alimentos que o apresentem na sua composição. Entre os sintomas apresentados, estão problemas como vômitos, gases e diarréia, entre outros.

Qual a relação entre intolerância a glúten e herpes labial?

“A intolerância ao glúten compromete o sistema imunológico, principalmente quando a restrição dietética a essa proteína não é satisfatória”, explica a profissional. Essa baixa no sistema de defesa faz com que o corpo se torne mais suscetível ao aparecimento de doenças, entre elas, o herpes. “A herpes labial é uma infecção recorrente em quadros de baixa imunidade, porém não há correlação direta com o glúten”, esclarece Ludimila.

O herpes labial pode ser um sintoma?

Os sintomas da intolerância ao glúten, como foi explicado anteriormente, envolvem problemas como vômitos, diarreias, falta de apetite, perda de peso… Em alguns casos, no entanto, pode ser que esses indicadores não se manifestem, tornando o diagnóstico mais complicado. Mas será que o herpes também pode ser um sintoma? “O herpes pode ocorrer como consequência do comprometimento imunológico, mas não é causado pela intolerância ao glúten”, afirma a nutricionista. Ou seja, o herpes pode ser um indicador de que você está com a imunidade baixa, que pode até mesmo ter sido causado por ingestão de glúten, mas não necessariamente isso tem relação com doença celíaca.

Cuidados que devem ser tomados com o herpes labial

O vírus do herpes labial é altamente contagioso e, quando contraído, não há uma cura. Mas existem alguns fatores que podem favorecer o surgimento das ferida: entre eles o estresse, a exposição ao sol e a baixa imunidade. A melhor forma de se prevenir contra esse quadro é cuidando da sua saúde de forma geral, com uma boa alimentação. Além disso, é preciso sempre caprichar na higiene bucal, usando uma escova de cerdas macias e fazendo movimentos leves, para não provocar ferimentos na boca. Uma dica importante é trocar a escovas de dente depois que a ferida do herpes cicatrizar, evitando uma possível contaminação de outras áreas!

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Ludimila de Gouvêa Cerqueira e Ferreira - Nutricionista
Niterói - RJ