Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
26.10.2017

Herpes durante a infância: pode acontecer?

Entenda como o vírus do herpes está relacionado com a infância. A médica explicou melhor sobre essa dúvida recorrente
Entenda como o vírus do herpes está relacionado com a infância. A médica explicou melhor sobre essa dúvida recorrente

Expert

Livia Pino

Livia Pino

CRM-RJ: 5276962-2

Dermatologia clínica, cirúrgica e cosmiatria. Professora de Dermatologia da Faculdade de Medicina de Valença. Professora do curso de pós-graduação em Dermatologia da PGRJ. Mestre pela UERJ

Pode parecer incomum, mas os casos de herpes são mais recorrentes do que você imagina. Grande parte da população possui o vírus alojado em seu nervo, às vezes sem saber que está lá. Há pessoas em que a doença surge como pequenas bolhas em alguma parte do corpo. E ainda, esses casos também podem acontecer durante a infância devido ao contato com o vírus nessa época. Para esclarecer sobre o assunto, a dermatologista Lívia Pino conversou com o Sorrisologia.

Como o herpes é contraída?

A doença leva o mesmo nome do seu vírus causador, o herpes. Existem duas maneiras dele se manifestar, dependendo de seu causador. A maioria dos casos é de herpes labial, que são propiciado pelo tipo 1. Já o tipo 2 é responsável pelo herpes genital. Em ambos os quadros, o vírus é caracterizado por ser contagioso. “O contágio pode ser feito de forma direta ou por meio de objetos”, explica a dermatologista.

Por que a herpes é relacionada infância?

Normalmente, os pacientes que possuem problemas com herpes já apresentam a primeira aparição durante a infância como um quadro mais exacerbado. “A primeira crise pode ser leve ou grave”, ressalta a médica. Além disso, ela explica que esses quadros gengivoestomatite herpética podem vir acompanhados de febre, dor ao engolir ou mastigar, gânglios no pescoço e pequenas bolhas dentro da boca, as conhecidas aftas. Nesses casos, Dra. Lívia indica que se procure um dermatologista, estomatologista ou pediatra para indicar o tratamento adequado.

Entenda mais sobre as crises

Após a primeira manifestação, é comum que as aparições seguintes sejam mais brandas. O herpes surge como algumas erupções, pequenas bolhinhas sobre a pele avermelhada. É comum que o portador do vírus apresente sintomas como coceira, dor, queimação ou incômodo no local. “Essa sensibilidade acontece porque o vírus está se multiplicando no nervo”, explica a doutora. As partes mais comuns de manifestação são nos lábios, próximo a boca ou nariz e nos genitais. No entanto, a doença pode aparecer em qualquer área do corpo.

A saúde, como um todo, influencia no aparecimento do herpes

Para os pacientes que possuem o vírus do herpes ainda não existe um tratamento que consiga abolir a doença 100%, permanecendo viva dentro do organismo. Porém, existem maneiras de controle. Para que ele venha se manifestar em alguma parte do corpo é necessário outros fatores influenciadores, como por exemplo, a imunidade. “Se a imunidade estiver baixa, o vírus que estava latente se multiplica vencendo a defesa do organismo e as crises aparecem”, completa a dermatologista. Estresse, exposição excessiva ao sol ou outra doença são alguns elementos que contribuem para esse quadro.

 

Mais Matérias: Herpes Labial
Herpes labial: tratamento caseiro funciona? Veja 4 opções para lidar com o problema em casa
Herpes Labial
Herpes labial: tratamento caseiro funciona? Veja 4 opções para lidar com o problema em casa
Dentre as doenças que podem atingir a boca, o  herpes labial é certamente uma das mais imprevisíveis e incômodas. Causada pelo vírus herpes simples, ela é caracterizada pelo surgimento de pequenas bolhas que possuem o aspecto de feridas e podem ser bastante dolorosas. Embora não tenha cura, o herpes...
Herpes não tem cura: dentista explica o porquê e indica os melhores remédios para aliviar as bolhas
Herpes Labial
Herpes não tem cura: dentista explica o porquê e indica os melhores remédios para...
Você descobriu que tem herpes labial e ainda não sabe como lidar com o problema? De fato, são...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Qual é o melhor remédio para herpes labial? Dentista recomenda os cuidados para controlar o vírus e não se espalhar
Herpes Labial
Qual é o melhor remédio para herpes labial? Dentista recomenda os cuidados para...
Notou a presença de bolhas pequenas e incômodas na boca? Isso pode ser um sinal de herpes labial ....
com a participação de:
Dulce Helena Cabelho Passarelli
CRO-SP: 35856
Afta nos lábios ou herpes labial: saiba como diferenciar essas duas lesões na boca
Herpes Labial
Afta nos lábios ou herpes labial: saiba como diferenciar essas duas lesões na boca
Se você já teve uma afta na boca, sabe muito bem a sensação de desconforto que...
com a participação de:
Daniele Machado
CRO-RJ 26.953
Herpes bucal x ansiedade: entenda como esses dois estão interligados e como prevenir a manifestação da doença
Herpes Labial
Herpes bucal x ansiedade: entenda como esses dois estão interligados e como prevenir a...
Você sabia que a ansiedade pode ser a causa de alguns problemas bucais? Entre eles, está a herpes ....
com a participação de:
Daniel Cohen Goldemberg
CRO-RJ: 29267
Herpes labial: o que é? Como surge? Quais são os sintomas? Qual é o melhor tratamento? Saiba tudo sobre o assunto
Herpes Labial
Herpes labial: o que é? Como surge? Quais são os sintomas? Qual é o melhor tratamento?...
Você desconfia que está com herpes labial? Olhar para o espelho e notar uma feridinha na boca pode...
com a participação de:
Dulce Helena Cabelho Passarelli
CRO-SP: 35856