Já ouviu falar em gengivoplastia e gengivectomia? Ambas são cirurgias feitas para corrigir ou mudar tamanho e o contorno da gengiva, característica incômoda para muitas pessoas que vão ao consultório médico em busca de um sorriso mais bonito. Mas, ainda que tenham propósitos semelhantes, existem algumas diferenças entre estes dois tipos de cirurgias odontológicas. Você sabe quais são? O Sorrisologia conversou com a dentista Kalina Diniz para entender para o que serve cada técnica e quando são indicadas ao paciente.

Gengivoplastia e gengivectomia: as diferenças entre as cirurgias

Segundo a dentista, a gengivoplastia e a gengivectomia são procedimentos que reduzem a gengiva do paciente. E elas costumam ser realizadas da mesma maneira, porém, o que diferencia os procedimentos é o objetivo final: “A diferença é que, enquanto a primeira tem finalidade estética (refazer o contorno), a segunda é uma cirurgia com finalidade reparadora (retirar o excesso) para resolução de doenças periodontais como a periodontite”, explica.

Quando cada uma é indicada?

Segundo Kalina, a gengivoplastia, por ter uma intenção mais estética, é uma cirurgia indicada para quem deseja ter o contorno anatômico normal da gengiva em áreas onde o tecido gengival está alterado. É um método muito utilizado na correção do famoso sorriso gengival, que é resultado de um desalinhamento entre os dentes, lábios e gengiva que pode ter causas hereditárias ou pode ocorrer como consequência de um desvio na erupção dentária ou excesso de crescimento do osso maxila. Já a gengivectomia, a profissional explica que é um procedimento cirúrgico para eliminar o excesso de gengiva (bolsa periodontal) causado por doença periodontal. Deu para entender a diferença?

Qual dessas técnicas é mais indicada para uma terapia periodontal?

A terapia periodontal é utilizada para restaurar a saúde da gengiva do paciente que teve periodontite. O tratamento atua principalmente na restauração da anatomia funcional e fisiológica para conseguir a prevenção do acúmulo de placa bacteriana na superfície dental. Nesse caso, a gengivectomia é o procedimento mais indicado pelos dentistas: “Ela tem a finalidade de remover parte da gengiva para o aumento da coroa clínica com o objetivo de deixar os dentes com a aparência maior, mais saudável e mais proporcional ao sorriso”, diz Kalina. A melhor maneira de saber o que é mais indicado para seu caso é conversando com um profissional. Não deixe de marcar sua próxima consulta!

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Kalina Diniz - Dentística e Odontologia Estética
São Paulo - SP
CRO-SP: 110560