Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
28.12.2018

Gengivite pode ser hereditária?

Expert

Liana França Araújo

Liana França Araújo

CRO RJ 19174

Estomatologista e Mestre em Patologia Bucal. Atua na clínica particular desde 1994, exclusivamente como Estomatologista. Graduada pela UFF. Ex-docente da UNESA e UERJ. Trabalha com laser de baixa potência no tratamento de mucosite (pacientes oncológicos), DTM, paralisia facial e parestesias. E laser de alta potência (cirúrgico) para frenectomias, reaberturas de implantes, remoção de lesões benignas, gengivoplastias. Além disso, tem parceria com o CCB (Centro de Criogenia Brasil) que coleta de células-tronco a partir de dentes decíduos. Professora do Curso de capacitação de laserterapia em Odontologia da São Leopoldo Mandic - RJ

A gengivite é uma doença que afeta a gengiva e pode ser notada na presença de alguns sintomas como sangramento, que pode surgir durante a escovação, e inchaço gengival. O problema, em geral, é fruto de uma higienização inadequada ou até mesmo a falta dela. Entretanto, seria esse o único agente causador? É possível que, mesmo mantendo uma boa limpeza, o paciente contraia a gengivite por fatores hereditários, por exemplo? Confira as respostas da dentista Liana França sobre o assunto!

O que é gengivite, seus sinais e sintomas

“É uma inflamação na gengiva decorrente da má higienização e consequente formação da placa bacteriana nas superfícies dos dentes”, define a profissional. Dessa maneira, é possível entender a importância da higienização dessa área, assim como é feito com os dentes. Fique também atento aos sintomas, que são inchaço e sangramento do tecido mole, podendo também apresentar mau hálito. “Parte dos pacientes relata dor”, completa Liana. A gengivite, contudo, significa o  estágio inicial da doença periodontal. E então, caso não receba o tratamento correto, o quadro pode piorar e causar perda dentária

Gengivite pode ser hereditária?

Geralmente, pacientes que apresentam esse problema acabam questionando com o dentista sobre a possibilidade de ser um fator hereditário. Dessa maneira, a estomatologista afirma que a gengivite não é um problema passado de pai para filho. Entretanto, no caso de doenças periodontais, a hereditariedade pode acontecer. “A doença periodontal agressiva, por exemplo, tem um padrão familiar já estabelecido”, explica a dentista. Atualmente, existem estudos que se aprofundam nesse assunto e buscam relacionar essas condições. A procura de resultados é feita através de técnicas de biologia celular e molecular.

Prevenção da gengivite e  tratamentos

É possível se prevenir a gengivite e eliminar alguns fatores de risco. A principal maneira de contornar esse quadro é através da higienização bucal. Ou seja, não abra mão da escovação e do uso do fio dental, como indica a dentista. Isto porque, com a limpeza, você consegue controlar a placa bacteriana e impede o acúmulo de placa na sua cavidade bucal. No caso do paciente já apresentar um quadro de gengivite, existem diversas possibilidades de tratamento para a inflamação gengival.


A estomatologista detalha: “Limpeza profissional dos dentes (profilaxia), instrução de higiene oral (o paciente precisa saber escovar bem os dentes para retirar de forma eficiente a placa dentária), prescrição de bochechos com agentes capazes de diminuir a formação da placa”. Lembrando que, para dar início a qualquer um deles, é necessária uma consulta e indicação do dentista.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Liana França Araújo - Estomatologista e Mestre em Patologia Bucal
Niterói - RJ
CRO-RJ: 19174

Atualizada em 28/12/2018

Mais Matérias: Gengivite
Profilaxia dental: por que fazer? 6 problemas bucais que o procedimento é capaz de prevenir
Gengivite
Profilaxia dental: por que fazer? 6 problemas bucais que o procedimento é capaz de...
Ir ao dentista tem uma porção de vantagens. Desde tratar uma incômoda dor de dente , até...
com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres
CRO-SP:113237
O que é bom para desinflamar a gengiva? Dentista revela 7 tratamentos eficazes para gengivite
Gengivite
O que é bom para desinflamar a gengiva? Dentista revela 7 tratamentos eficazes para...
Além dos dentes, a gengiva é uma parte da arcada dentária que guarda muita sensibilidade. Esse...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Bolha na gengiva é um sinal de gengivite? Dentista explica se há relação entre os dois problemas bucais
Gengivite
Bolha na gengiva é um sinal de gengivite? Dentista explica se há relação entre os dois...
Você notou o surgimento de uma bolha na gengiva ? Então, é importante ligar o sinal de alerta!...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
5 doenças bucais que podem ter relação com a sua saúde mental: cárie, periodontite e várias outras!
Gengivite
5 doenças bucais que podem ter relação com a sua saúde mental: cárie, periodontite e várias...
O sistema nervoso está interligado com todo nosso organismo, até mesmo com a nossa saúde bucal. Se você está sofrendo com problemas de ansiedade, depressão ou outras questões emocionais, muito provavelmente também vai ter complicações bucais por consequência disso. Para entender...
Passo a passo do tratamento da gengivite: saiba como funciona
Gengivite
Passo a passo do tratamento da gengivite: saiba como funciona
Aquele sangramento com certa frequência ao escovar os dentes pode ser um sinal de que, sim, você está com gengivite. A doença, causada por acúmulo de placa bacteriana, é apenas o início de outras e maiores inflamações periodontais que podem surgir e, por isso, deve ser tratada o quanto antes....
Gengivite pode causar mau hálito? Saiba como resolver o problema e melhorar sua saúde bucal
Gengivite
Gengivite pode causar mau hálito? Saiba como resolver o problema e melhorar sua saúde...
Não dá para negar: o mau hálito é sempre sinal de que algo não vai bem com a...
com a participação de:
Basilio Pires de Figueiredo Filho
CRO-RJ: 5859