Trincar ou fissurar um dente pode ser mais fácil do que você imagina. Esse problema pode acontecer durante a mastigação de alimentos duros, como gelo, balas e nozes, por exemplo, ou, até mesmo, por hábitos parafuncionais como o bruxismo. Além disso, acidentes podem vir a acontecer e, nesses casos, é importante que haja o comprometimento de consertar os dentes fissurados de imediato para não comprometer a sua saúde bucal. Pensando nisso, o Sorrisologia conversou com o cirurgião-dentista Breno Osthoff, que comentou um pouco mais sobre esse quadro. Veja a seguir!

Entenda os motivos que causam as fissuras e saiba o que fazer se perceber alguma no dente

Algumas vezes, não é possível identificar uma fissura. Na verdade, ela é invisível aos olhos e nem sempre aparece nos raios-X dentais. “As causas dessas fissuras nos dentes podem ser providas de traumas oclusais, como um mal posicionamento dos pontos de contatos dos dentes ou traumas externos como a queda da própria altura, por exemplo”, explica Breno. Além disso, ele também esclarece: “Hábitos parafuncionais como o bruxismo (que é o hábito de apertar ou ranger os dentes), também podem colaborar para possíveis fissuras”.

Saiba quais são os riscos dessas fissuras para a saúde bucal e por que o problema deve ser logo solucionado

Segundo Breno, o principal risco das fissuras são causar uma comunicação do meio bucal com a polpa, parte interna do dente, ou com o periodonto a nível da raiz. O cirurgião-dentista explica também que, caso a fissura não seja logo solucionada, poderá agravar mais ainda: “Quanto mais rápido se iniciar o tratamento, menos invasivo será e mais rápido o profissional identificará a causa do problema, evitando assim, o acometimento de outros elementos”, esclarece ao ressaltar: “Isso agravaria ainda mais o quadro e o posteriormente, o tratamento.”

Você sabe quais os possíveis tratamentos para esse problema?

Para realizar o tratamento das fissuras, realiza-se o selamento da mesma com restauração, e, quando a polpa é acometida, com tratamento endodôntico. Além disso, o cirurgião-dentista explica: “A extração também pode ocorrer quando a raiz do dente fica comprometida. E quando a causa para essas fissuras não forem por quedas, por exemplo, será necessário a confecção de uma placa miorrelaxante para casos de bruxismo e a colocação de aparelho ortodôntico para casos de traumas oclusais pelo mal posicionamento dos dentes”

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Breno Alex Osthoff - Cirurgião-dentista
Rio de Janeiro - RJ