Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
04.07.2017

Fio dental pode ser incômodo para quem tem retração gengival. Descubra o que fazer para não comprometer sua higiene

Se você tem retração na gengiva e sente um certo incômodo na hora de passar o fio dental, a dentista Fernanda Cole diz o que fazer
Se você tem retração na gengiva e sente um certo incômodo na hora de passar o fio dental, a dentista Fernanda Cole diz o que fazer

Expert

Fernanda Martins Cole

Fernanda Martins Cole

CRO-SP: 111001

Clínico Geral formada pela faculdade Unicid, fez aperfeiçoamento em Odontopediatria, Cirurgia com ênfase em terceiros molares. Atualmente faz curso de Especialização em Ortodontia pelo Ipeo.

No início ela nem incomoda tanto. É um problema quase imperceptível. Mas, com o passar do tempo, a retração gengival começa a dar os seus primeiros sinais, como dor e sensibilidade na parte que, antes, estava protegida pela gengiva. O desconforto é tanto, que, muitas das vezes, até simples hábitos podem causar dores na região, como o uso do fio dental. Apesar dos incômodos, essa ferramenta é importante e precisa continuar sendo utilizada. Para evitar os choques da retração, sem precisar comprometer a sua higiene, a dentista Fernanda Cole diz o que fazer.

A causa do desconforto

Os sintomas da retração gengival, de fato, são bem chatinhos e causam um grande desconforto na sua boca. Dores e fisgadas da sensibilidade dentária podem ser causados pelo toque de qualquer alimento e bebida com temperaturas constantes ou pelo contato do fio dental durante a higiene. Mas por que o fio causa esse incômodo? Na verdade, não é a ferramenta que provoca o desconforto, mas, sim, o modo que utilizamos. “Se o uso do fio dental for inadequado, com excesso de força, pode incomodar”, explica a profissional.

Não pare de usar o fio dental

Mesmo com a gengiva retraída, o paciente não deve deixar de usar o fio dental. "A falta do fio pode causar gengivite, o que piora mais ainda o quadro da retração”, atenta. Por isso, não é necessário - e nem recomendado - excluir essa etapa da sua higiene, basta utilizar o produto da maneira certa. De acordo com os especialistas, é importante cortar um pedaço generoso de fio, enrolar as pontinhas nos dedos indicadores, encaixar suavemente no espaço entre os dentes e fazer movimentos leves de vai e vem. Desta forma, você vai conseguir evitar todos os incômodos do problema e manter a sua saúde bucal em dia.

Procure seu dentista para tratar a retração

Se, ao sorrir, você percebeu a sua gengiva retraída e sentiu dores naquela parte exposta do dente, é de extrema importância procurar um dentista. De acordo com Fernanda, isso é o melhor a ser feito para evitar maiores complicações. “O paciente deve procurar imediatamente um profissional capacitado para tratar e, principalmente, orientar sobre hábitos e higiene”, reforça.

Agora, se a sua gengiva não apresenta nenhum problema e está bem saudável, que tal consultar esse especialista para uma revisão? Ele indicará as melhores dicas de limpeza e as medidas necessárias para manter seu sorriso protegido da retração e de qualquer doença bucal. Em ambos os casos, você só tem a ganhar com essa visita! 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Fernanda Martins Cole - Clínica Geral e Especialista em Ortodontia
São Paulo - SP
CRO-SP: 111001

Mais Matérias: Gengiva
A escova de dentes elétrica ajuda no tratamento da gengivite? Entenda os benefícios desse produto de higiene bucal
Gengiva
A escova de dentes elétrica ajuda no tratamento da gengivite? Entenda os benefícios...
Por qual motivo você escova os dentes? Apenas por ser uma obrigação ou para que o seu sorriso...
com a participação de:
Caroline Malavasi
CRO /RJ 38947
Doenças bucais, como a gengivite, podem prejudicar o tratamento do coronavírus?
Gengiva
Doenças bucais, como a gengivite, podem prejudicar o tratamento do coronavírus?
Gengivite, periodontite, cárie...  Essas doenças bucais são um verdadeiro perigo para...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Gengiva inchada e sensível durante o período menstrual: 3 maneiras de aliviar esses incômodos
Gengiva
Gengiva inchada e sensível durante o período menstrual: 3 maneiras de aliviar esses incômodos
A sua gengiva está inchada e bastante sensível, e esses sintomas coincidiram com o seu período menstrual? A verdade é que, esses sinais, embora pareçam muito com os da gengivite , acabam sendo bem comuns durante a menstruação, devido a alteração hormonal da mulher ao longo ou no...
O que é bom para desinflamar a gengiva? Dentista revela 7 tratamentos eficazes para gengivite
Gengiva
O que é bom para desinflamar a gengiva? Dentista revela 7 tratamentos eficazes para...
Além dos dentes, a gengiva é uma parte da arcada dentária que guarda muita sensibilidade. Esse...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Escaneamento intraoral: o que é? Para que serve? Conheça mais sobre essa tecnologia na odontologia
Gengiva
Escaneamento intraoral: o que é? Para que serve? Conheça mais sobre essa tecnologia na...
A tecnologia e a odontologia andam lado a lado. As novas técnicas podem ser usadas para tratar uma...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Bolha na gengiva é um sinal de gengivite? Dentista explica se há relação entre os dois problemas bucais
Gengiva
Bolha na gengiva é um sinal de gengivite? Dentista explica se há relação entre os dois...
Você notou o surgimento de uma bolha na gengiva ? Então, é importante ligar o sinal de alerta!...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380