Escovar os dentes deve ser uma prática que faz parte da nossa rotina. Após as refeições e antes de dormir, essa ação não deve ser esquecida. E para manter esse ritual em dia você precisa basicamente de uma boa escova, creme dental e fio dental. Caso essa higiene seja deixada de lado, as consequências não serão boas… Pode parecer exagero de vó falar assim, mas existem muitos problemas decorrentes da falta de escovação para o paciente. Para confirmar essa teoria, a dentista Kalina Diniz explica mais sobre eles.

Doenças periodontais

Gengivite, periodontite e retração gengival são doenças que afetam a área da gengiva e podem decorrer da falta de escovação. “Esses quadros ainda podem levar à perda do elemento dental, e também a doenças sistêmicas graves”, diz a profissional.

Mau hálito

Com a falta de higiene correta da boca, ocorre o acúmulo de placa bacteriana nos dentes, na gengiva e na língua. “Além de irritar e inflamar toda a região bucal, também pode aumentar a produção de odores desagradáveis que são expelidos por esses micro-organismos instalados na boca”, explica ela. Ninguém merece né?

Câncer e lesões malignas

Segundo a profissional, qualquer tipo de inflamação e infecção no organismo, quando não tratada, pode desenvolver lesões celulares irreversíveis. Por isso é preciso ter muito cuidado! Estas lesões influenciam o comportamento maligno de multiplicação das células, podendo originar tumores ou lesões cancerígenas.

Cáries e canais

Entre as principais preocupações quando se trata de saúde bucal, a cárie pode ser originada da falta de escovação adequada. “A má higiene tem como principal consequência o desenvolvimento de cáries e canais nas estruturas dentais”, diz Kalina.

Endocardite Bacteriana

Esse é um dos problemas mais sérios originados da falta de higiene bucal. A endocardite bacteriana é uma infecção que afeta diretamente o coração, e pode levar até mesmo à morte. “Um simples sangramento na boca pode permitir que as bactérias bucais entrem no sistema sanguíneo e atinja válvulas ou tecidos, causando danos ao revestimento do coração”, explica. Portanto, portadores ou pessoas com predisposição a problemas do coração devem consultar o médico e o dentista regularmente e tomar cuidados extras na higiene diária.

Aftas

Apesar de não se conhecer uma causa específica para o aparecimento de aftas, sabe-se que a má higiene bucal pode contribuir para o seu surgimento e dificultar sua cura. “Os ferimentos na mucosa da boca tem coloração branca e avermelhadas ao redor e costumam causar dor e desconforto, especialmente na hora da alimentação e na higienização.” Normalmente, não precisam de tratamento e desaparecem em até duas semanas. Mas podem incomodar bastante!

Fique longe desses problemas!

O risco de desenvolver todos esses problemas bucais pode ser diminuído de forma muito simples: com uma boa escovação, aliada ao uso diário do fio dental! Escolha a melhor escova para o seu caso, um bom creme dental, e se quiser complemente com o uso de um enxaguante bucal. Aliadas a visitas de rotina ao dentista, essas ações podem evitar prejuízos para o seu sorriso!