Junto do aparelho ortodôntico vêm muitos cuidados. O paciente deve aprender a lidar com uma lista cada vez maior de recomendações e cuidados necessários com o aparelho. Ter atenção com o dente siso também pode ser um desses cuidados. Esse dente é um verdadeiro incômodo: aos poucos, ele pressiona a gengiva para nascer. Mas, algumas vezes, não existe espaço ideal na boca para o surgimento desse novo dente e ele pode acabar “espremendo” os dentes restantes da arcada dentária. Esse processo pode atrapalhar o rumo do tratamento ortodôntico, mas apenas se a extração não ocorrer. A cirurgiã-dentista Beatriz Bussab explica como isso acontece e tira as principais dúvidas.

Posso precisar tirar o siso enquanto acontece o tratamento ortodôntico?

Se houver necessidade, sim! Não extrair o dente do juízo, em alguns casos, não representa problema algum. Em outros, pode ser o motivo de diversas complicações, como o surgimento de cáries e problemas na gengiva. Além disso, esse dente pode ainda alterar o posicionamento dos outros dentes e prejudicar o tratamento ortodôntico.

Se seus dentes sisos estão nascendo enquanto o tratamento ortodôntico ocorre, alerte seu ortodontista. Sempre antes de iniciar esse tipo de tratamento, ele faz uma espécie de documentação dos dentes. “A partir dos exames, o ortodontista avalia a necessidade da extração do terceiro molar”, explica. Somente esse profissional pode analisar corretamente o caso e indicar, ou não, a extração.

Extração do siso para quem está em tratamento ortodôntico

Se o dente do juízo nascer sem juízo algum, ou seja, mal localizado e sem espaço na arcada, a extração é necessária. Para os pacientes que utilizam aparelhos ortodônticos, o procedimento pode sim ocorrer durante o uso. A extração acontece normalmente. Então, não precisa ter medo, a cirurgia vai acontecer tranquilamente, desde que feita com um profissional capacitado. E logo logo suas dores vão embora.

A única diferença para os outros pacientes é que, com o aparelho, o tratamento ortodôntico pode ser atrasado. Isso acontece por conta do pós-cirúrgico. “O procedimento leva seu tempo de recuperação para o paciente, sendo necessário aguardar para retomar o tratamento ortodôntico”, comenta. O paciente precisa de uma certa “pausa” para se recuperar propriamente da cirurgia, deixando sua saúde bucal adequada para retomar o tratamento.

Quais cuidados que o paciente deve ter após extrair o siso?

Se tem algo que não muda, são os cuidados. Tanto os pacientes que não usam, quanto os que usam aparelho ortodôntico recebem as mesmas recomendações. “Os principais cuidados que devem ser tomados em qualquer extração estão relacionados à manutenção de uma boa higienização e a adesão, após a cirurgia, de uma alimentação mais pastosa e morna”, indica Beatriz.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Beatriz Bussab - Cirurgiã-dentista
Osasco - SP
CRO-SP 125369