O implante dentário consiste em um procedimento odontológico capaz de restabelecer o sorriso do paciente. Para aqueles que perderam um ou mais dentes, o dispositivo é uma opção recomendada para corrigir a estética e funções bucais. Por outro lado, há casos em que o elemento dentário ainda está presente na cavidade bucal, mas precisa ser retirado. E então, a extração é o procedimento mais indicado. Para entender como acontece esse processo, o Sorrisologia conversou com o dentista Edgard de Mello Fonseca sobre o assunto e tirou as dúvidas.

Como saber se preciso extrair o dente?

Ouvir o termo “extração de dente” pode causar tensão em muitos pacientes. Entretanto, esse nervosismo pode ser controlado, principalmente porque o procedimento é seguro e visa a melhora da saúde bucal do paciente. É claro que tentar salvar o dente é sempre o melhor caminho, contudo, o profissional afirma que existem inúmeras condições clínicas que podem levar à indicação da remoção de um elemento dentário. Por isso, é relevante destacar que não há sintomas específicos que indicam a necessidade desse procedimento. Para isso, marcar uma consulta é fundamental. "Apenas um dentista, após exame clínico e de imagens poderá indicar uma extração dentária”, completa ele.

Como ocorre a extração de dente para o implante dentário?

O uso de implante dentários são, comumente, ligados aos pacientes já na terceira idade. Segundo o especialista, os dispositivos implantados tem como função substituir o dente perdido, indicados nos mais diferente casos. Vale ressaltar que a extração dos dentes sisos são uma exceção, pois a retirada não é precedida por essa substituição. Nos quadro em que a extração do dente é feita para a colocação do implante, Edgard esclarece que o procedimento é realizado de modo igual aos demais casos. “Ocorre da mesma forma que qualquer elemento cuja indicação para a remoção seja definida pelo profissional”, diz o dentista.

Conheça os cuidados necessários para o procedimento

Extrair um dente pode ser a solução para diferentes problemas bucais. A pequena cirurgia é indicada pelo profissional e realizada no consultório. Não precisa ter medo de nada, é rápida e segura. Porém, para que sua saúde bucal se restabeleça 100% novamente, a colaboração do paciente é um ponto essencial. “Cada caso exige recomendações pré e pós-operatórias específicas que deverão ser estabelecidas mediante a avaliação do dentista”, comenta o odontologista.

A higiene bucal é imprescindível nesses momentos, especialmente por ser uma maneira eficaz de manter sua cavidade bucal saudável. Lembre de usar a escova de dente adequada com o creme dental e passar o fio dental, pelo menos uma vez ao dia. Já na alimentação é importante também ficar atento. Nos primeiros dias após a extração e colocação do implante dentário, é comum indicar as opções de alimentos mais pastosos. Converse com seu dentista e tenha uma recuperação ideal.