Há situações que, infelizmente, não tem jeito. É preciso extrair um dente. São muitos os motivos que levam a essa decisão e que, aliás, só um cirurgião-dentista pode determinar esse procedimento. Porém, se não houve atenção antes para evitar essa extração de dente, não pense que você está livre depois. Menos um dente não é sinônimo de menos um cuidado. Pelo contrário, eles devem ser tomados em todas as etapas do processo, inclusive após uma cirurgia como essa. E quais os cuidados pós-extração dentária que devemos ter? Para entender melhor sobre o assunto, conversamos com a dentista Thalita Costa.

A relação vícios x saúde bucal

A profissional explica que tão importante como o transcorrer da cirurgia, o pós-cirúrgico deve ser seguido à risca para não haver complicações. Para os fumantes, por exemplo, deve-se evitar o uso de tabaco antes e após a cirurgia para uma cicatrização favorável. Thalita, entretanto, chama a atenção para um cuidado especial. "Não deve ser utilizada drogas como a cocaína antes da cirurgia sob nenhuma hipótese, pelo risco de vida do paciente", alerta. Estando sob o efeito, há um risco de interação da droga com certos tipos de vasoconstritores das soluções anestésicas, e a toxicidade será aumentada. "Os anestésicos são compostos de vasocontrictores seguros, como exemplo a adrenalina, que aumentam e melhoram o tempo cirúrgico, diminuindo o sangramento local e a toxicidade do anestésico no corpo."

Outros cuidados com a saúde

Para os pacientes hipertensos, é comprovado através de estudos recentes que a adrenalina utilizada nos anestésicos, desde que diluída, é altamente segura e eficiente. "Uma pessoa sob stress é capaz de liberar adrenalina em doses muito mais elevadas que a utilizada nos anestésicos. Para as grávidas, o melhor seria a realização da cirurgia no segundo trimestre, mas se puder evitá-la até o nascimento da criança, melhor o fazer por comodidade", conta a especialista. Para usuários de AAS (aspirina ácido acetilsalicílico), é bom checar com o médico a possibilidade de trocar a medicação, pois esta dificulta o estancamento sanguíneo, aumentando o risco de hemorragias.

Recomendações importantes

A dentista atenta para outras recomendações. "Como pós-cirúrgico recomenda-se repouso, evitando exposição ao sol e atividades físicas. Na alimentação, evite alimentos quentes nos primeiros 2 dias após a cirurgia, tome água à vontade e evite mastigar do lado que foi realizada a cirurgia por 7 dias", destaca. Não abra mão da higiene diária e nem faça bochechos vigorosos nos 4 primeiros dias, evite o hábito de cuspir por qualquer motivo e não fique passando a língua ou o dedo no local operado. "Não tome nenhum medicamento por conta própria. O seu cirurgião-dentista é o profissional mais habilitado para resolver suas dúvidas", alerta Thalita.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Thalita Costa - Cirurgiã-dentista
Rio de Janeiro-RJ
CRO-SP: 113895