Para tudo na vida existe um momento de adaptação, seja um novo emprego ou até mesmo um novo relacionamento. São muitas novidades surgindo e a cada instante é possível descobri-las e aprender a lidar com elas. Com a saúde bucal não é diferente, em especial para quem vai iniciar o tratamento ortodôntico. Essa fase vem acompanhada de vários acessórios na sua cavidade oral que precisam de atenção e cuidados importantes. Se você iniciou seu tratamento e está estranhando tudo, fique tranquilo, é absolutamente normal se sentir assim. Para deixar esse momento mais leve para você, trouxemos algumas dicas da dentista Beatriz Bussab sobre o período de adaptação com o aparelho ortodôntico. Veja a seguir!

Quais casos são indicados a usar aparelho ortodôntico?

Os aparelhos ortodônticos são necessários quando o paciente possui algum problema de maloclusão e o dentista recomenda o uso dos dispositivos para dar um melhor alinhamento para o sorriso. Esse alinhamento pode ter apenas uma finalidade estética ou pode ser realmente um caso onde há a necessidade de uma correção funcional. “O uso do dispositivo se faz principalmente necessário nesses dois casos”, completa Beatriz.

Existe um tempo de adaptação ao aparelho ortodôntico?

No início, alguns hábitos precisam ser revistos pelo paciente, isso acontece tanto na alimentação quanto no momento da higienização. "É necessário procurar alimentos fáceis de se mastigar e cortá-los em pedaços para facilitar sua ingestão", afirma Beatriz. É importante ressaltar que durante esse período é comum que aconteçam dores nas articulações e até mesmo aftas por trauma do aparelho nos tecidos bucais. Por conta disso, a profissional tranquiliza: “É importante o paciente ter em mente que o resultado final sempre vai ser satisfatório, com a melhora da mastigação e com um sorriso mais alinhado, elevando assim a sua autoestima”, comenta. Para casos de dores e aftas persistentes, consulta seu dentista para avaliar o quadro e indicar uma solução.

Dicas que podem ajudar neste momento:

Para as pessoas que estão se adaptando ao tratamento ortodôntico, o Sorrisologia em conjunto com a dentista Beatriz, separou algumas dicas que podem te ajudar nesse momento de adaptação:

- Cortar os alimentos para facilitar a mastigação e mastigar lentamente;

- Comer, de preferência, alimentos mais moles para evitar danos nas estruturas do aparelho;

- Utilizar a cera ortodôntica para evitar aftas e traumas nos tecidos bucais.

Quais são os cuidados principais durante o tratamento?

Além de tomar cuidado com a alimentação, já que determinados tipos de comidas podem ocasionar a quebra ou deslocamento dos bráquetes, é importante também que esse paciente tenha cuidado com a higienização. A profissional explica mais sobre: “O aparelho retém muito alimento e dificulta o momento da limpeza, aumentando assim a chance de cáries”, finaliza a profissional.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Beatriz Bussab - Cirurgiã-dentista
Osasco - SP
CRO-SP 125369