Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
03.12.2019

Estresse pode alterar produção de saliva e afetar a sua saúde bucal. Entenda como isso acontece

  Sabia que a sensação de boca seca pode estar relacionada a situações de estresse? Especialista explica como isso é possível
Sabia que a sensação de boca seca pode estar relacionada a situações de estresse? Especialista explica como isso é possível

Expert

Dulce Helena Cabelho Passarelli

Dulce Helena Cabelho Passarelli

CRO-SP: 35856

Mestre em Estomatologia, Patologia Bucal e Laserterapia Especialista em Docência no Ensino Superior. Autora do livro: Atlas de Estomatologia- casos clínicos Criadora e Autora do site ESTOMATOLOGIA “ON LINE”. Coordenadora clínica da OdontoPratic Saúde e Estética

Boca seca é um problema bem chato, principalmente quando você bebe litros e litros de água e, pouco tempo depois, a sensação de secura toma conta como se nenhum líquido passasse por ali há séculos. Pode parecer estranho, mas você sabia que situações de estresse podem afetar a saúde bucal? Para entender como isso acontece, nós conversamos com a estomatologista e especialista em patologias bucais Dulce Helena Cabelho, que esclareceu todo o processo e como ele pode afetar a saúde bucal do paciente. Confira a seguir!

Estresse influencia o processo de fluxo salivar

Segundo a patologista, isso ocorre porque a salivação é produto de glândulas cujo líquido salivar tem influência direta do sistema nervoso autônomo. “Portanto, pessoas que estão em quadros de estresse físico e emocional podem ter diminuição de produção deste fluxo”, explica. Essas alterações no fluxo salivar podem resultar em várias consequências, de acordo com a especialista. Desde cáries e alteração do paladar até a formação de lesões ulceradas na mucosa bucal devido a ausência da hidratação da boca.

Além disso, a alteração do ph presente na saliva também pode desencadear um outro inimigo bucal: o mau hálito. “Alterar o pH salivar contribui com a formação de saburra lingual, principal responsável pela halitose em distintos e severos graus.”

Como verificar o fluxo de saliva?

Existem vários exames laboratoriais que são capazes de identificar isso, mas é sempre muito importante conversar com um profissional especializado para verificar a real necessidade de realizá-los. “Amilase salivar, teste de saliva ou até biópsia, dependendo do diagnóstico feito pelo especialista. O importante mesmo é não se submeter a métodos caseiros para tratamento sem um acompanhamento profissional”, destaca Dulce. Isso porque há muitos fatores que podem influenciar a qualidade e quantidade da saliva, mas tudo isso deve ser analisado por um especialista, que será o responsável por indicar o melhor tratamento para o caso.

De olho nas doenças salivares!

“As doenças salivares são muito complexas e exigem um exame clínico detalhado para que possam ser diagnosticadas e tratadas, já que elas podem ser tanto benignas quanto malignas”, alerta a estomatologista. Portanto, os cuidados do paciente devem ser pautados em orientações de profissionais especializados. O ideal é que seja feita uma avaliação inicial e, a partir disso, o especialista poderá realizar o diagnóstico e indicar o tratamento mais adequado em seguida.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dulce Helena Cabelho Passarelli - Estomatologia, Patologia Bucal e Laserterapia
São Paulo, SP
CRO-SP: 35856

Mais Matérias: Saúde Bucal
Quais problemas uma infiltração na restauração dentária pode trazer?
Saúde Bucal
Quais problemas uma infiltração na restauração dentária pode trazer?
A restauração de dente é um dos procedimentos mais conhecidos entre os pacientes. Responsável por devolver a integridade do elemento dentário, ela é recomendada em casos de uma cárie profunda, fratura ou outra doença bucal. No entanto, assim como qualquer outra técnica odontológica,...
Quanto tempo depois de ter COVID-19 posso ir ao dentista?
Saúde Bucal
Quanto tempo depois de ter COVID-19 posso ir ao dentista?
Com a pandemia de covid-19 e o isolamento da quarentena, muitos hábitos tiveram que ser remanejados na rotina...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
A cor das ligas de aparelho fazem diferença no tratamento ortodôntico?
Saúde Bucal
A cor das ligas de aparelho fazem diferença no tratamento ortodôntico?
Quando o assunto é tratamento ortodôntico , existem algumas ferramentas que são fundamentais...
com a participação de:
Rita Ventura
CRO-RJ: 42601
Estresse pode causar bruxismo?
Saúde Bucal
Estresse pode causar bruxismo?
O bruxismo é uma doença involuntária que se caracteriza pelo ato de ranger ou apertar os...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Como saber se sua restauração dentária está alta ou baixa demais?
Saúde Bucal
Como saber se sua restauração dentária está alta ou baixa demais?
A restauração no dente é um dos procedimentos mais realizados nos consultórios odontológicos. Capaz de restabelecer a forma e função do elemento dentário, o tratamento é bastante indicado em casos de cáries, traumas e fraturas. Mas, assim como qualquer outra técnica, a...
Fio dental com mau cheiro após o uso: o que pode estar causando esse problema?
Saúde Bucal
Fio dental com mau cheiro após o uso: o que pode estar causando esse problema?
Você notou um odor ruim no fio dental depois de utilizá-lo? É importante ligar o sinal de alerta! Embora seja uma situação comum devido a produção de placa bacteriana na cavidade oral, o mau cheiro pode indicar que algo não vai bem com a sua higiene bucal - o que a longo prazo pode desencadear uma...