Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
04.03.2020

Estomatologia: um guia completo sobre a especialidade que ajuda a cuidar da sua saúde bucal

Não existem dúvidas de que o dentista é o primeiro profissional a ser procurado quando algo não vai bem com o nosso sorriso. Mas, o que poucas pessoas sabem é que, dentro da odontologia existem várias especialidades e, entre elas, está a estomatologia. O ramo da carreira que estuda a boca e, principalmente, os problemas que podem aparecer por ela é um grande aliado para manter a sua saúde bucal em dia. Para saber mais sobre o assunto e quando é necessário procurar um estomatologista, o Sorrisologia preparou uma matéria bem especial para desvendar todas as questões que envolvem a especialidade. Confira a seguir!

1. Conheça a estomatologia

Ainda que lembre alguma área da medicina, a estomatologia é uma especialidade fundamental no ramo odontológico. Responsável por cuidar de todas as estruturas orais do paciente, ela tem como objetivo prevenir, diagnosticar e tratar não só os dentes, mas as mucosas, as glândulas e ossos da região bucal. Por isso, o estomatologista é o mais indicado para reconhecer os principais sinais de que a sua saúde bucal pode estar comprometida. Além disso, vale lembrar que algumas doenças da saúde geral indicam seus primeiros sintomas na boca e, por isso, o estomatologista é um grande aliado para identificá-los ainda cedo. A gengivite, por exemplo, pode aparecer como um alerta para quadros de diabetes.

1.1 Como a estomatologia pode ajudar na sua saúde?

A boca é composta por diversas estruturas e, por isso, precisa de cuidados especiais, principalmente quando as coisas não vão bem. Sabe aquela afta que está demorando mais tempo do que o comum para cicatrizar? Ou aquela sensação eterna de boca ardendo? Elas podem (e devem!) ser investigadas por um estomatologista. Isso porque todos os casos que envolvem lesões na boca, como úlceras, nódulos, bolhas e manchas, por menores que sejam, precisam ser diagnosticadas pelo profissional para garantir um tratamento eficaz. Por isso, fique atento aos sinais da sua boca!

1.2 Quais lesões podem ser diagnosticadas e tratadas através da estomatologia?

Mesmo que muitas pessoas não tenham conhecimento da importância da especialidade, a estomatologia pode fazer muito por você e pela sua saúde bucal. Através de uma anamnese e de um exame clinico bem detalhado, a especialidade é capaz de diagnosticar lesões dentro e fora da cavidade bucal. Além disso, ela é essencial para a prevenção de diversas doenças bucais, como cárie, hiperplasia, herpes, carcinoma ou câncer oral.

1.3 Quando é necessário procurar um estomatologista?

O autoexame bucal é o primeiro passo para descobrir se você precisa procurar um estomatologista. A prática garante que o paciente analise a sua própria saúde bucal e busque por qualquer alteração na região oral, desde pequenas feridas a úlceras. Caso note qualquer uma dessas alterações, o recomendado é que procure um estomatologista assim que possível. Aliás, você sabe quais são os principais detalhes que deve procurar? Nós te contamos:

• Lábios descamando
• Boca seca ou sede excessiva
• Candidíase de repetição
• Alteração na cor das mucosas
• Mudança no paladar
• Gengiva sangrando e/ou descamando
• Aftas frequentes
• Cáries de repetição
• Herpes frequente
• Feridas
• Língua branca
• Dor
• Ardência

2. Os problemas bucais mais comuns

Manter a higiene bucal e consultar o dentista regularmente deve ser um hábito básico, certo? Ainda que pareça óbvio, o que mais leva as pessoas aos consultórios são quadros simples, que poderiam ser resolvidos mantendo uma rotina de cuidados básicos com a região bucal. Desde gengivite a cárie, é sempre bom saber sobre as doenças que podem surgir na sua boca, né? Saiba mais sobre cada um dos principais problemas bucais a seguir.

2.1 Gengivite e Periodontite

Você percebeu que a sua gengiva está sangrando com certa frequência ao escovar os dentes? Pode ser que seja uma gengivite! A doença bucal é caracterizada pela inflamação da gengiva, deixando-a mais sensível e suscetível aos sangramentos. Nesse caso, o acúmulo de placa bacteriana que não é removido corretamente na hora de higienizar os dentes é a principal motivação do problema. Ainda que seja uma doença comum, é importante ficar atento às causas do sangramento para que o quadro não evolua para uma periodontite, que é um problema bucal muito mais grave que, se não tratado, pode levar a perda dos dentes.

2.2 Cárie

Não dá para negar: a cárie é um dos problemas bucais mais temidos pelos pacientes. A doença, que desestrutura e ataca as camadas dos dentes, surge devido a uma série de motivos comportamentais. O consumo de alimentos com alto teor de açúcar e a falta de higiene bucal estão entre eles. Mas, a boa notícia é que, com pequenos hábitos diários é possível ter um sorriso saudável e livre dessas bactérias. Invista em uma boa higiene bucal com todos os itens do seu kit higiênico. Além disso, é importante conciliar esse hábito com uma alimentação saudável.

2.3 Aftas

As feridas na boca são mais comuns do que gostaríamos. Normalmente pequenas, elas podem se apresentar de forma única ou múltipla, mas não são contagiosas. As lesões são quase sempre idiopáticas, mas também podem estar associadas à trauma local, deficiência de ferro, vitamina B2 e B9, infecção por HIV, alimentação, estresse físico e emocional, distúrbios gastrintestinais e desequilíbrio hormonal. No geral, as aftas tendem a desaparecer entre o período de 7 a 15 dias, dependendo do seu tamanho. Entretanto, se a permanência dessas feridas persistirem por mais tempo, o ideal é que o paciente procure ajuda de um estomatologista para que seja feita uma avaliação completa, verificando se há indícios de câncer de boca.

3. A estomatologia é fundamental na prevenção do câncer bucal

A estomatologia é essencial para a prevenção e o diagnósticos de diversas doenças bucais. O câncer de boca é uma delas. Muitas vezes confundida com aftas, o quadro se manifesta através de feridas ou úlceras na boca que nunca se curam. Outros sintomas característicos são manchas esbranquiçadas ou avermelhadas na mucosa oral, lesões nos lábios, língua e gengivas. Nesse caso, quanto mais cedo o diagnóstico, melhor. Por isso, é fundamental o acompanhamento de um estomatologista para indicar o melhor tratamento, que varia desde cirurgia à quimioterapia.

4. Principais cuidados com a saúde bucal

Um sorriso bonito é sinônimo de uma série de cuidados diários e de uma boa higiene bucal. Para garantir que seus dentes estejam sempre saudáveis, a escovação é o primeiro passo. Para isso, é essencial lançar mão de quatro ferramentas essenciais: escova de dentes, creme dental, fio dental e, para finalizar, o enxaguante bucal. Além dos cuidados com os seus dentes, é muito importante também se atentar à saúde das gengivas e da língua.

Mais Matérias: Saúde Bucal
Afta na boca: qual é o melhor tratamento? Como prevenir essas lesões?
Saúde Bucal
Afta na boca: qual é o melhor tratamento? Como prevenir essas lesões?
Dentre os problemas bucais mais comuns, a afta é certamente um dos mais incômodos. Além de...
com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres
CRO-SP:113237
Profilaxia dental: por que fazer? 6 problemas bucais que o procedimento é capaz de prevenir
Saúde Bucal
Profilaxia dental: por que fazer? 6 problemas bucais que o procedimento é capaz de...
Ir ao dentista tem uma porção de vantagens. Desde tratar uma incômoda dor de dente , até...
com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres
CRO-SP:113237
Tratamento para mau hálito: qual é o melhor remédio? Como evitar? A higiene bucal é suficiente? Conheça 5 causas desse odor
Saúde Bucal
Tratamento para mau hálito: qual é o melhor remédio? Como evitar? A higiene bucal é suficiente?...
Não dá para negar: o mau hálito é um verdadeiro incômodo. Embora ainda seja considerado um tabu por alguns pacientes, o quadro - que também é conhecido como halitose - é mais comum do que se imagina e pode ter diferentes causas. A boa notícia é que existem alguns cuidados, que...
Harmonização facial pode ser feita por um dentista?
Saúde Bucal
Harmonização facial pode ser feita por um dentista?
Em uma visita ao dentista, você consegue tratar e prevenir doenças bucais, como a cárie , fazer...
com a participação de:
Rita Ventura
CRO-RJ: 42601
Dá para reverter a aplicação de facetas de porcelana ou lentes de contato dental? Dentista esclarece o assunto
Saúde Bucal
Dá para reverter a aplicação de facetas de porcelana ou lentes de contato dental?...
Faz um bom tempo que você colocou facetas de porcelana ou lentes de contato dental com o objetivo de ter um...
com a participação de:
Rita Ventura
CRO-RJ: 42601
Como preservar o clareamento dental: cuidados, o que não fazer, dicas de higiene bucal e manutenção do tratamento
Saúde Bucal
Como preservar o clareamento dental: cuidados, o que não fazer, dicas de higiene bucal e...
Você fez clareamento dental e finalmente conquistou aquele sorriso branco que tanto queria. Agora, as preocupações acabaram e não é mais necessário ter aqueles cuidados minuciosos com os dentes, certo? Errado! Muita gente pensa que depois do clareamento não precisa mais se preocupar com a saúde...