Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
07.07.2016

Esfoliação labial: por que fazer? Dermatologista explica os benefícios deste procedimento

Ter lábios bonitos e hidratados faz toda diferença até mesmo na hora de sorrir. Realizar uma esfoliação labial é uma ótima técnica para garantir o bem-estar dessa região
Ter lábios bonitos e hidratados faz toda diferença até mesmo na hora de sorrir. Realizar uma esfoliação labial é uma ótima técnica para garantir o bem-estar dessa região
Com esse ritual você elimina as células mortas e mantém a mucosa labial mais permeável aos componentes hidratantes e rejuvenescedores existentes nos produtos para tratamento
Com esse ritual você elimina as células mortas e mantém a mucosa labial mais permeável aos componentes hidratantes e rejuvenescedores existentes nos produtos para tratamento
A esfoliação pode ser repetida a cada um mês e é indicada para homens e mulheres. Com esse procedimento, até aquele beijo se torna mais interessante e inesquecível
A esfoliação pode ser repetida a cada um mês e é indicada para homens e mulheres. Com esse procedimento, até aquele beijo se torna mais interessante e inesquecível

Expert

Dra. Paula Periquito

Dra. Paula Periquito

CRM-RJ: 52.79985-8

Medica formada pela Universidade Federal Fluminense, Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Mestre em Doenças infecciosas e parasitárias pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro,

Não adianta nada ter um sorriso perfeito e branco se os lábios estão sem vida e constantemente ressacados, não é mesmo? Pense bem, um lábio bem tratado faz toda a diferença na hora daquele batom vermelho ou até naquele beijo apaixonado. Por isto, a esfoliação labial é uma poderosa técnica para você cuidar dessa área com muito carinho. O Sorrisologia convidou a dermatologista Paula Periquito para explicar a importância do procedimento e o tratamento mais adequado. 

Por que fazer uma esfoliação labial?

O objetivo de se fazer uma esfoliação é eliminar as células mortas presentes em alguma região do corpo. A técnica vale para mulheres e homens também. A importância de fazê-la é para deixar a mucosa labial mais permeável aos componentes hidratantes e rejuvenescedores existentes nos produtos para tratamento labial, segundo a dermatologista. "Não existe nenhum benefício em esfoliar a região labial sem que ela seja posteriormente tratada a fundo", atenta Paula. 

Fatores que influenciam lábios ressecados

É importante saber que a alimentação influencia diretamente não apenas na sua saúde bucal, como também na aparência dos lábios. O mesmo acontece com a quantidade de água que ingerimos. Outros fatores como o clima, o vento e a exposição solar também contribuem para o ressecamento dos lábios.  

De quanto em quanto tempo é necessário esfoliar os lábios?

Se o problema é a falta de tempo essa justificativa acaba agora. O procedimento é rápido e o melhor: não precisa ser feito constantemente. "Não é necessário fazer esfoliação labial mais de uma vez ao mês", recomenda a dermatologista. Existem diversos esfoliantes específicos no mercado, mas também é possível fazer seu próprio esfoliante caseiro.

Contraindicações

Não há muitas contraindicações para a realização desse procedimento. A esfoliação labial não é recomendada apenas para as pessoas que possuem os lábios cronicamente ressacados. "Podem ressecar ainda mais a pele e inclusive provocar fissuras na região", ressalta a profissional. Por isso é importante sempre hidratar a região e usar um protetor solar específico para os lábios. Em casos de dúvidas, procure um profissional.

Tratamento

"Para peles sãs não há necessidade da realização do procedimento em consultório", afirma a dermatologista. Já no caso de pacientes com lesões dermatológicas, ressecamento crônico ou infecções esse quadro muda. Sendo assim, Paula explica que após o exame físico e diagnóstico correto serão necessárias orientações mais específicas para cada caso.

Mais Matérias: Bem Estar
Quais práticas esportivas precisam de protetor bucal?
Bem Estar
Quais práticas esportivas precisam de protetor bucal?
Se você tem o costume de praticar esportes, já deve ter ouvido falar sobre o protetor bucal . Como o próprio nome já indica, o equipamento é o grande responsável por preservar os seus dentes, protegendo-os de possíveis impactos durante algumas práticas esportivas. Ainda assim, é comum que...
Harmonização facial: como saber se preciso desse procedimento?
Bem Estar
Harmonização facial: como saber se preciso desse procedimento?
A harmonização facial tem se tornado um procedimento estético de muita procura, sendo o...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
A higiene bucal pode afetar outras partes do corpo? Entenda!
Bem Estar
A higiene bucal pode afetar outras partes do corpo? Entenda!
Não é novidade que cuidar da higiene bucal é o primeiro passo para garantir a saúde e...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Endocardite: o que é, como tratar, quais as causas?
Bem Estar
Endocardite: o que é, como tratar, quais as causas?
A endocardite é uma doença inflamatória que pode atingir as estruturas internas do coração. Embora seja pouco conhecido entre os pacientes, o quadro é originado pela má higiene bucal e pode afetar significativamente a qualidade de vida do paciente, trazendo danos irreversíveis para o sistema...
Cuidados com aparelho dental fixo: 5 dicas para os primeiros dias de tratamento
Bem Estar
Cuidados com aparelho dental fixo: 5 dicas para os primeiros dias de tratamento
Não dá para negar: os primeiros dias usando aparelho ortodôntico são os mais difíceis do tratamento. Afinal, esse período tende a funcionar como uma fase de adaptação para todas as estruturas. Justamente por se tratar de uma novidade, é comum que os ferrinhos e os bráquetes do...
Como saber se sua enxaqueca tem ligação com problemas dentais?
Bem Estar
Como saber se sua enxaqueca tem ligação com problemas dentais?
Você tem lidado com crises constantes de enxaqueca ? É importante ligar o sinal de alerta, isso pode...
com a participação de:
Igor Puga
CRO-RJ 28418