O que a afta tem de pequena, ela tem de desagradável, não é mesmo? Basta movimentar mais a boca ou mastigar algum alimento que você logo sente aquela ardência ou dor causada pela feridinha. Além disso, em alguns casos ela pode até atrapalhar na fala. Todo mundo já passou por esse episódio de incômodo, podendo acontecer até mesmo nas crianças. Entretanto, a afta não tem um tratamento específico e, em geral, some naturalmente após alguns dias. Mas, o dentista Filipe Furquim trouxe algumas dicas para se prevenir ou até mesmo amenizar os incômodos das lesões.

O tratamento alivia os sintomas

O tratamento da afta é sintomático, ou seja, ele age para acelerar a cicatrização e aliviar as dores e, também, possíveis infecções. Consiste, basicamente, no uso de antissépticos bucais e pomadas anestésicas que devem ser indicadas por um profissional. A escovação diária e uso do fio dental também conta a favor para eliminar as bactérias e manter a região sempre limpa. "É importante ter delicadeza e cuidado durante a higiene para que a escova não machuque a mucosa bucal nem a gengiva", indica o profissional.

Os alimentos ácidos podem prejudicar

Se você já teve, conhece bem os possíveis incômodos que uma afta na cavidade bucal pode provocar. Por isso, é preciso buscar maneiras de amenizar as dores por conta da lesão, como através da alimentação, que precisa ser revista. "Alimentos ácidos como abacaxi e limão devem ser evitados. Para aliviar as lesões recomenda-se leite de magnésio. O queijo, amendoim e castanha também podem ajudar", conta ele. Tenha a atenção na hora de escolher o que vai comer, esse cuidado pode fazer sim a diferença.

Métodos caseiros podem ser perigosos

Na hora da dor muita gente corre pra internet e logo pesquisa formas de tratar o problema. Isso pode ser perigoso e, além de não solucionar, pode piorar a situação e colocar sua saúde em risco. "Muita gente indica o sal para amenizar as lesões da afta, mas, além de não amenizar, pode atrapalhar na cura. O que o sal faz é promover um ambiente mais alcalino o que diminui o incômodo", alerta Filipe. Porém, nem sempre aquele alívio momentâneo significa que você já se livrou do problema. A afta deve sumir dentro de 1 a 2 semanas, mas se isso não acontecer, um profissional deve ser consultado o quanto antes. Fique atento!

Enxaguante bucal promove limpeza e frescor na boca

Muita gente ainda não possui o hábito de usar enxaguante bucal e, até mesmo, desconhece a importância desse item. Ele atua muito além da sensação de frescor que causa na boca, mas também promove a limpeza bucal ao combater a placa bacteriana de forma muito mais eficaz comparado ao uso isolado de apenas uma escova de dentes manual. Vale sempre lembrar que o enxaguante não deve conter álcool, pois esse componente resseca a mucosa e ainda pode ser perigoso para pacientes crianças ou em fase de tratamento do alcoolismo. Fique atento a esses detalhes e invista no melhor para o seu sorriso hoje e sempre!

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Filipe Furquim - Pós Graduado em Cirurgia Gengival e Prótese
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 29918