Você usa enxaguante sem a indicação do dentista? Esse produto pode parecer inofensivo e, sem dúvidas, faz um bem danado à saúde bucal, mas isso não significa que deve ser usado de qualquer maneira, certo? Por isso, é importante ter alguns cuidados ao utilizar o antisséptico para não exagerar na quantidade e, principalmente, para não correr o risco de engolir a substância. A dentista Heloísa Crisóstomo explicou ao Sorrisologia porque é tão relevante estar atento ao uso deste item.

Tipos de enxaguante bucal

Em primeiro lugar, é importante saber que existem diversos tipos de enxaguantes no mercado e cada um tem a sua devida composição. Existem produtos para prevenir cáries, doenças periodontais e até para manter o clareamento. “De acordo com a necessidade de cada paciente, é indicado um enxaguante específico e sua posologia. Inclusiv, há enxaguantes específicos para crianças”, explica a profissional.

De que maneira devemos utilizar?

É necessário saber a opinião de um profissional antes de comprar o produto. Usar itens de higiene bucal sem a indicação do dentista pode acabar causando efeitos indesejáveis e, consequentemente, prejudicando a saúde da boca. “Alguns possuem álcool e antibiótico em sua composição e, quando utilizados em excesso, eles alteram a flora bucal e podem causar pigmentações dentárias, na mucosa e até perda do paladar”, atenta Heloísa. Por isso, antes de adquirir ou usar a ferramenta, entenda para o que ela serve e a forma certa que deve ser administrada.

Engolir o enxaguante pode afetar o intestino

Um outro cuidado importante é ficar atento para não engolir o produto. A especialista diz que se houver deglutição da substância pode ocorrer uma série de problemas. “A pessoa acaba tendo ressecamento na boca, complicações no intestino e vômitos”, alerta. Além disso, pacientes diabéticos também precisam ter um zelo maior para não usar enxaguantes com corantes ou com adição de açúcar. Para não correr nenhum risco de ingerir, faça apenas bochecho com o produto. Para as crianças que têm uma dificuldade maior em usar, escolha uma produto sem flúor para evitar problemas como a fluorose dentária.

Coloque a quantidade certa

Muita gente pensa que é preciso colocar o enxaguante em um copo para fazer a higiene. Só que este procedimento não é necessário. Basta colocar na própria tampinha do produto. Ela possui uma marcação que indica a medida certa que todo paciente precisa usar. Despejar o líquido em outro recipiente pode ultrapassar a quantidade recomendada e, com isso, o risco do paciente engolir a substância. Pratique esses cuidados e use o produto da melhor forma.