A Odontologia é a área que cuida da saúde dos seus dentes e gengiva. Com o objetivo de melhor solucionar os problemas dos pacientes, existem diversas especialidades dentro desse universo. A Endodontia, por exemplo, é muito conhecida pelos pacientes e logo relacionada ao tratamento de canal. Contudo, ela também cuida de diversos outros problemas bucais abordando diferentes tratamentos. Você conhece cada um deles? Para te fazer conhecer um pouco mais a fundo, convidamos a profissional da área, Sofia Cabaleiro, que trouxe uma apresentação sobre a Endodontia. Veja a seguir!

Você conhece a Endodontia?

Ir ao dentista deve ser um cuidado presente na rotina de todos. O indicado é que as consultas aconteçam a cada seis meses para que tenha um acompanhamento do seu estado de saúde. Assim, problemas bucais podem ser analisados ainda no início. Em alguns casos, é feito um encaminhamento do paciente para um profissional especializado, como o endodontista. “Endodontia é a especialidade dentro da Odontologia que cuida do coração do dente, que chamamos de polpa dentária”, define a profissional. Essa parte da polpa dentária é localizada da dentina até a raiz do dentes, sendo formada por nervos e vasos sanguíneos.

Saiba como a Endodontia ajuda na saúde bucal

Assim como explicado acima, a área da Endodontia é responsável por cuidar do que está dentro do elemento dentário. Focada em tratar de problemas na parte interna dos dentes, seja na polpa ou raiz dentária, o profissional endodontista é capaz de salvar o sorriso de muitos pacientes. “A endodontia preserva o dente que tem estrutura coronária destruída, porém com remanescente radicular suficiente para mantê-lo funcional”, esclarece Sofia. E ainda, como destaca, esse ramo da Odontologia é capaz de eliminar infecções decorrentes de necroses, e também dar um fim a dores intensas, causadas por inflamações pulpares.

Consultar o profissional dessa área é muito importante

Há casos em que pacientes acabam percebendo um escurecimento em um ou mais dentes. Mesmo sem entender o que está acontecendo e até mesmo nem apresentando dor alguma, é muito importante marcar uma consulta ao dentista. “Somente o profissional da endodontia é capaz de realizar exames complementares chamados de teste de vitalidade para determinar se a alteração de cor pode ser de origem endodôntica”, explica Sofia E ainda, outro ponto relevante a ser destacado é a capacidade do endodontista em definir a origem da dor. Isto porque, como comenta a especialista, o auge da inflamação pulpar resulta uma dor difusa e o paciente, muita das vezes, não sabe definir de qual dente ela está vindo.