Você é uma pessoa que se estressa com facilidade? Os acontecimentos ao seu redor facilmente te afetam e, quando menos se espera, você já explodiu? Além de não fazer nada bem para seu emocional, isso pode refletir diretamente na sua saúde bucal, sabia? Cenários como esse são um gatilho para gerar distúrbios como o bruxismo, por exemplo. E não para por aí! A exemplo do que ocorreu recentemente com a atriz Demi Moore, o estresse levou à perda de seus dentes. Conversamos com o dentista Diego Limoeiro para entender melhor essa relação.

De fato, existe essa possibilidade?

É bem raro acontecer, mas a possibilidade de perder um ou mais dentes por problemas que nascem do estresse é real. Uma das principais condições que levam a este cenário é o bruxismo de vigília, mais conhecido como o bruxismo diurno, que acontece quando estamos acordados. De acordo com Diego, esse apertamento já foi relacionado, através da literatura, com a ansiedade e problemas emocionais. "Isso pode acarretar não só o desgaste dos dentes, como também doenças nas estruturas que o suportam, o periodonto", revela. 

Existem casos em que o estresse acaba refletindo em outros problemas. Essa condição mexe bastante com o sistema emocional e, quando atinge um nível alto, o paciente já deixa de praticar certos cuidados, como a higiene bucal. Desta forma, problemas como a cárie, a gengivite e a periodontite passam a ser comuns. Isso acaba causando (mais uma vez) a perda dentária.

Não perca seu sorriso para o estresse

Muitas das vezes, não sabemos que estamos tendo problemas por causa do estresse. Mas quando isso ocorre, é importante procurar ajuda para não ocasionar quadros graves, como aconteceu com Demi Moore. Recentemente, a atriz norte-americana contou a um programa de TV, The Tonight Show, que perdeu os dentes devido a problemas emocionais e afirmou. "Adoraria dizer que perdi andando de skate ou fazendo algo legal, mas foi o estresse que me fez perder os dentes da frente".

Entretanto, é possível evitar essa situação e perceber os sintomas do estresse de maneira precoce. Muitos sinais podem vir da boca, como dores nos dentes, na mandíbula e até o mau hálito, que pode indicar a falta de higiene bucal. Se você notar esses indícios o quanto antes e buscar ajuda, consegue prevenir a perda de um dente. O tratamento varia de acordo com cada caso, mas pode incluir o uso de prótese dentária. "O cirurgião-dentista deve se atentar e encaminhar o paciente para um especialista que possa fazer um tratamento a fim de promover um bem-estar e qualidade de vida a pessoa", finaliza o profissional.