Muitas coisas podem causar uma incômoda e insistente dor de dente. Além de uma cárie ou aquela fisgada de sensibilidade ao tomar um sorvete, o problema também pode ser fruto da DTM, a chamada disfunção temporomandibular? O Sorrisologia entrevistou o dentista e especialista Diego Limoeiro que esclareceu o assunto e indicou os cuidados para tratar esse distúrbio vindo das articulações da boca.

O que é DTM? Entenda os sintomas desse problema

Como foi explicado, a DTM é a abreviação de disfunção temporomandibular e o dentista revela que esse problema pode acometer a região orofacial. “Seus principais sintomas são dores na face, ao abrir e fechar a boca, estalos perto do ouvido, dificuldades de abertura e dores de cabeça”, detalhou.

A DTM pode causar dor de dente?

De acordo com Diego, a DTM não causa diretamente dor de dente: “O que ocorre em algumas situações é quando algum ponto da musculatura que está dolorido, acaba refletindo nos dentes, levando a uma falha no diagnóstico”, esclareceu. Por isso a dor do maxilar acaba afetando a dentição.

Como tratar a DTM?

O tratamento normalmente é multidisciplinar. “Em alguns casos, somente um aconselhamento sobre os hábitos é necessário. Em outros, há a necessidade de uma abordagem com cirurgião dentista especialista, fisioterapeuta, cefaliatra (neurologista) e psicólogo”. Para saber qual é o seu caso em específico, é importante consultar um especialista em DTM e Dor orofacial ou um Cirurgião bucomaxilofacial.

Se a DTM for controlada e a dor de dente continuar, o que fazer?

Neste caso, é importante fazer mais exames para avaliar a origem desta dor, se há pontos latentes na musculatura ou causas dentárias. O motivo desse incômodo pode ser desde uma sensibilidade até uma cárie oculta. Por esse motivo, não deixe de procurar um dentista para tratar o problema o quanto antes.

Como prevenir uma dor de dente?

A dor de dente de uma DTM pode ser prevenida de muitas maneiras - entre os mais famosos métodos estão o relaxamento muscular, fisioterapia, placas de mordida e anti-inflamatórios. Outra saída que pode aliviar esse incômodo é fazer uma compressa com gelo no local. Entretanto a melhor forma de prevenir qualquer dor de dente é seguir uma boa rotina de higiene bucal, praticando os seguintes cuidados:

- Escovar os dentes todos os dias após as refeições;

- Usar uma escova de dentes com cerdas maciais;

- Não fazer força durante a escovação;

- Evitar morder e mastigar alimentos duros e crocantes.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Diego Limoeiro - Cirurgião bucomaxilofacial / Implantodontista Pós-graduado em Cirurgia da ATM Especialista em DTM e Dor orofacial
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 31146