Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
02.12.2019

Dor no maxilar ao mastigar? Conheça 4 possíveis causas para o problema e como lidar com a situação

  Ninguém merece sentir dor ao comer, um momento que deveria ser tão prazeroso. Para entender de onde o problema vem, especialista indica 4 possíveis causas. Confira!
Ninguém merece sentir dor ao comer, um momento que deveria ser tão prazeroso. Para entender de onde o problema vem, especialista indica 4 possíveis causas. Confira!

Expert

Johnathan Marcondes

Johnathan Marcondes

CRO-PA: 4456

Cirurgião-Dentista formado pela Unioeste ( Universidade Estadual do Oeste do Paraná) em 2005- pós graduado em lentes de contato dental e facetas de porcelana. Aplicação de toxina botulina (Botox), preenchimento facial com ácido hialurônico, cirurgia de Bichectomia. Prótese - Odontologia Estética - Odontologia Digital. Membro da SBOE - Sociedade Brasileira de Odontologia Estética. Membro da IFED- International Federation Esthetic Dentistry Proprietário da Clínica Top Dente.

Não é normal sentir dor no maxilar, principalmente ao mastigar. Mas afinal, o que pode estar causando isso? É importante entender a origem do problema para dar início ao tratamento mais indicado. “Vários fatores podem gerar dor no maxilar ao mastigar. Cada situação pode gerar um tipo de desconforto diferente e, consequentemente, um tratamento específico”, esclarece o cirurgião-dentista Johnathan Marcondes. Entenda o que pode estar acontecendo a seguir!

Bruxismo

Pacientes com bruxismo têm o hábito de ranger ou apertar os dentes involuntariamente, o que faz com que ocorra uma pressão muito grande sobre a articulação temporomandibular (ATM). Por isso que, segundo o especialista, esse hábito pode causar inflamações na região com o tempo, gerando desgastes da mesma e dos dentes, que ficam desalinhados e sobrecarregam ainda mais a ATM. “A principal forma de tratar o bruxismo é usando protetores bucais, feitos sob medida, que vão absorver o impacto e proteger os dentes e as articulações. Além disso, também há tratamentos com toxina botulínica, o Botox, associado a outras técnicas, como a acupuntura.”

Mordida cruzada

Outra possível causa é a mordida cruzada, já que os problemas de oclusão impedem o encaixe perfeito dos dentes. Dessa forma, o dentista explica que para compensar o desalinhamento, a articulação temporomandibular acaba trabalhando de forma inadequada, gerando os estalos e as dores musculares na região da mandíbula. “A mordida cruzada é corrigida com tratamento ortodôntico para a reabilitação oral.”

Abcessos dentários

Inflamações nas camadas mais profundas da polpa e do nervo do dente, decorrentes de uma cárie não tratada, por exemplo, podem desencadear os abcessos dentários. “Ao se infiltrar nas áreas mais internas do dente, as bactérias que causaram a infecção podem chegar à estrutura óssea, gerando dores intensas que podem se irradiar pelos músculos mandibulares”, esclarece. A melhor forma de evitar que essa situação aconteça é cuidando muito bem da higiene bucal e visitando o dentista regularmente.

Doença periodontal

O desenvolvimento de doenças periodontais também é um fator que deve ser observado, já que a inflamação do tecido gengival pode desencadear uma série de problemas para o paciente, podendo levar a perda dentária. “No estágio inicial, a doença periodontal geralmente é silenciosa, e quando as dores aparecem os ossos já estão muito comprometidos. Ela é causada por bactérias e, assim como os abcessos, pode atingir a articulação temporomandibular, resultando em dores no maxilar”, conta. Quanto ao tratamento desse quadro, o dentista comenta que ele é feito com raspagem das camadas profundas da gengiva e medicamentos para controlar a infecção e as dores.

Como lidar com a situação?

Cuidados simples do dia a dia podem ser de grande ajuda quando o assunto é reduzir as dores ou até mesmo evitá-las, especialmente se estiverem relacionadas ao estresse e sobrecarga dos músculos mandibulares, segundo Johnathan:
• Fale devagar: a pronúncia pausada de cada palavra movimenta muitos músculos da face e é um ótimo exercício para a mandíbula, fortalecendo a região;
• Boceje: não evite os bocejos involuntários. Além de serem importantes para a oxigenação do cérebro, eles ajudam a exercitar o maxilar;
• Não force o limite de abertura da boca: abrir a boca exageradamente sobrecarrega a articulação temporomandibular. Se tiver a sensação de travamento ou estalos, fale com o dentista.
• Marque uma consulta com um especialista: essa atitude é imprescindível para que o dentista avalie sua saúde oral e identifique a causa do problema.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Johnathan Marcondes - Cirurgião-Dentista
Parauapebas, PA
CRO-PA: 4456

Mais Matérias: Bruxismo
Minha placa de bruxismo está incomodando os meus dentes: o que devo fazer?
Bruxismo
Minha placa de bruxismo está incomodando os meus dentes: o que devo fazer?
Quando se trata do uso da placa de bruxismo , uma das reclamações mais comuns entre os pacientes é sempre a mesma: o incômodo. Embora seja um acessório feito com o formato exato da sua mordida, é possível que, em alguns casos, a placa gere uma sensação de desconforto nos primeiros dias. Mas...
Agravamento do bruxismo durante a quarentena: como melhorar os sintomas da disfunção sem sair de casa
Bruxismo
Agravamento do bruxismo durante a quarentena: como melhorar os sintomas da disfunção...
O coronavírus virou o mundo de cabeça para baixo . Além das medidas de higiene, a quarentena e...
com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres
CRO-SP:113237
Placa de bruxismo é a solução para acabar com a disfunção: mito ou verdade? Especialista esclarece a dúvida
Bruxismo
Placa de bruxismo é a solução para acabar com a disfunção: mito ou verdade?...
Que o bruxismo pode trazer uma série de complicações para a vida do paciente não...
com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres
CRO-SP:113237
Passo a passo do tratamento de bruxismo: todas as etapas e cuidados para controlar a disfunção
Bruxismo
Passo a passo do tratamento de bruxismo: todas as etapas e cuidados para controlar a disfunção
Bruxismo ainda é um problema desconhecido por muita gente . Existem pessoas que sentem aquele apertamento da arcada dentária, dores constantes de cabeça, no maxilar e nos dentes, mas não fazem ideia do que se trata. Neste caso, é melhor ficar atento: se você vem presenciando esses sintomas, pode estar com um caso...
Bruxismo pode causar pulpite: você sabe o que é esse problema bucal? Saiba como prevenir!
Bruxismo
Bruxismo pode causar pulpite: você sabe o que é esse problema bucal? Saiba como prevenir!
Você provavelmente já deve ter ouvido falar sobre o bruxismo , certo? O distúrbio causado pelo hábito de ranger ou esfregar os dentes é mais comum do que se imagina e pode afetar significativamente a qualidade de vida dos pacientes. Isso porque a doença pode causar novas complicações ao seu sorriso,...
O bruxismo diminuiu o tamanho dos meus dentes: o que fazer para recuperar a estrutura desses elementos?
Bruxismo
O bruxismo diminuiu o tamanho dos meus dentes: o que fazer para recuperar a estrutura desses...
Poucas coisas incomodam tanto quanto uma dor de dente causada pelo bruxismo. Essa disfunção, além de refletir em um enorme desconforto bucal, também pode resultar em problemas mais graves, como uma pulpite, DTM e até mesmo o desgaste dos dentes, diminuindo o tamanho dos elementos. O Sorrisologia entrevistou a...