Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
23.08.2017

Dor de dente inesperada. O que fazer para controlar até chegar ao dentista?

  Você sabe o que fazer para controlar a dor de dente? Saiba os cuidados possíveis de serem seguidos até chegar ao consultório do dentista
Você sabe o que fazer para controlar a dor de dente? Saiba os cuidados possíveis de serem seguidos até chegar ao consultório do dentista

Expert

Paulo Moreira

Paulo Moreira

CRO: 40086

Especialista em cirurgia e Implantodontia.

A dor de dente não tem uma hora exata para surgir. Geralmente, ela começa do nada tornando-se um incômodo para você. Pode acontecer durante uma viagem, à noite ou no trabalho... a verdade é que ela aparece em momentos imprevisíveis. O desconforto acaba variando de intensidade e causa, depende de cada caso. O correto é procurar o odontologista para descobrir o motivo desse problema. Entretanto, muitas das vezes, o momento nos impede de ir ao dentista imediatamente. Por isso, o profissional Paulo Moreira explica o que fazer para controlar a dor de dente inesperada até chegar ao dentista.

Causadores de uma dor de dente inesperada

A causa mais comum da dor de dente acontece por conta da pulpite, uma inflamação da polpa dentária localizada no interior do dente onde estão os vasos sanguíneos e nervos. “Geralmente, a pulpite ocorre por alguma falta de adaptação do material, o que permite que as bactérias se infiltrem através dos mesmos”, explica o dentista. A pulpite é a infiltração do tecido afetado por cárie até a polpa dentária, podendo acontecer em dentes hígidos, por baixo das restaurações ou de coroas protéticas.

Tipos de pulpite dentária

Dependendo do grau de inflamação, a pulpite apresenta quadros diferenciados. Nos casos do tipo reversível, acontecem inflamações e vasodilatação na polpa, sem a degeneração. Já nos irreversíveis, os nervos e vasos da polpa ficam necrosados. Além disso, são destruídos pela inflamação e infecção. Nessa situação, a polpa dental precisa ser removida totalmente e substituída através de uma restauração do canal afetado.

O que fazer para controlar a dor de dente?

Nos casos de dor de dente, o paciente deve procurar o dentista imediatamente para se consultar. Pode ser indicado analgésicos, anti-inflamatórios ou antibióticos, variando de acordo com o caso e sintomas. Em casos que a chegada ao dentista vai demorar um pouco, a aplicação de gelo no local é uma maneira de amenizar a dor até chegar ao consultório. “O uso de medicamentos pode controlar da dor”, completa o profissional. No entanto, estes só devem ser utilizados quando houver indicação médica. É importante que ocorra o diagnóstico correto para logo iniciar o tratamento. Assim, o fator causador do incômodo será eliminado o quanto antes. Vale lembrar que a prescrição deve ser feita pelo odontologista.

Os tratamentos para dor de dente

Na maioria dos casos de pulpites, o infiltrado bacteriano já apresenta o contato com a polpa dentária. Dessa maneira, é necessário o tratamento endodôntico. No entanto, a extensão da lesão em cada situação demandará outros tipos de soluções, conforme ressalta Paulo. “Pode ser necessária até mesmo a exodontia (extração) do dente em questão”. Já para os pacientes que apresentam o tipo de pulpite reversível, na maioria das vezes, são indicados a usar anti-inflamatórios. Além disso, pequenas restaurações podem solucionar o problema.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Paulo Moreira - Especialista em Cirurgia e Implantodontia
Rio de Janeiro - RJ
CRO: 40086

Mais Matérias: Dor de Dente
Como aliviar dor de dente causada pelo abscesso dentário?
Dor de Dente
Como aliviar dor de dente causada pelo abscesso dentário?
Dor de dente: você sente esse incômodo? Muitas pessoas percebem esse sintoma ao longo do dia ou em...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Dor de dente: conheça o passo a passo de como melhorar esse incômodo em casa antes de ir ao dentista
Dor de Dente
Dor de dente: conheça o passo a passo de como melhorar esse incômodo em casa antes de...
Não existe nada tão incômodo quanto sentir uma dor de dente . O problema é uma das...
com a participação de:
Caroline Malavasi
CRO /RJ 38947
Dente mole e doendo: confira 5 motivos por trás desse incômodo
Dor de Dente
Dente mole e doendo: confira 5 motivos por trás desse incômodo
Engana-se quem pensa que o dente mole é um problema que surge apenas na infância. Na verdade, o quadro também pode atingir adultos e idosos e, muitas das vezes, é um sinal de que algo não vai bem com a sua saúde bucal. Além de não ser agradável nada agradável, os dentes moles e doendo...
Sinusite pode causar dor de dente e o sintoma agrava no inverno - saiba como amenizar o incômodo!
Dor de Dente
Sinusite pode causar dor de dente e o sintoma agrava no inverno - saiba como amenizar o...
Que o clima frio e as baixas temperaturas podem afetar a saúde bucal não é novidade para...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Dor de dente, boca seca: 5 problemas bucais comuns durante o inverno
Dor de Dente
Dor de dente, boca seca: 5 problemas bucais comuns durante o inverno
O clima frio e seco são os primeiros anúncios da chegada do inverno. Além de ser a estação mais preguiçosa do ano, a temporada também é famosa por várias queixas dos pacientes odontológicos. Não é à toa que você costuma reclamar de dor de dente que antes...
Bruxismo pode causar pulpite: você sabe o que é esse problema bucal? Saiba como prevenir!
Dor de Dente
Bruxismo pode causar pulpite: você sabe o que é esse problema bucal? Saiba como prevenir!
Você provavelmente já deve ter ouvido falar sobre o bruxismo , certo? O distúrbio causado pelo hábito de ranger ou esfregar os dentes é mais comum do que se imagina e pode afetar significativamente a qualidade de vida dos pacientes. Isso porque a doença pode causar novas complicações ao seu sorriso,...