Imagine que você está indo para o trabalho, ou até mesmo curtindo uma viagem nas férias, quando uma dor latente domina toda a região do seu dente. Você não estava nem um pouco preparado para isso e fica sem saber o que fazer. A saúde bucal está diretamente ligada à saúde dos dentes, e quando a dor começa a aparecer é sinal de que as coisas não vão bem. Ela pode surgir a qualquer momento e ser causada pelos mais diferentes motivos. por isso é muito importante receber uma orientação profissional para entender quais procedimentos devem ser seguidos. A odontologista Heloísa Crisóstomo conversou com a gente sobre o assunto.

A dor de dente é causada somente por cáries?

Por mais que muita gente tenha a mania de associar a dor de dente somente às cáries, essa não é a única causa para o problema. No entanto, é importante ressaltar que a cárie pode sim influenciar bastante nesse quadro, uma vez que ela destrói a estrutura dental e pode levar à dor involuntária ou dor estimulada pela ingestão de doces ou alimentos com alta temperatura, segundo a especialista.

Outras causas para o problema e tratamento

Além das cáries, outros problemas que podem provocar a dor de dente são as trincas no esmalte e a exposição radicular, também chamada de recessão gengival. Apesar de normalmente não trazer tanto incômodo, há casos mais graves de trincas que podem gerar certa sensibilidade nos dentes. Já quando a raiz do dente está exposta, a região passa a ficar muito sensível quando em contato com alimentos muito frios ou muito quentes. “Em caso de exposição de raiz, o recobrimento da parte exposta já irá reduzir a sensibilidade. Esse recobrimento pode ser tanto em resina como em enxerto gengival”, explica.

Como amenizar um quadro de dor de dente?

Só quem já passou por isso, sabe como é doloroso. Mas é preciso saber o que fazer nessas horas, certo? Com dor não se brinca, e o mais aconselhável é que, nesse caso, o paciente procure imediatamente uma consulta odontológica de urgência para que o especialista identifique a causa do problema e possa, então, indicar o melhor tratamento. A dentista Heloísa ressalta que em alguns casos a dor de dente se arrasta por um longo período de tempo e acaba inchando o rosto do paciente. Quando chega nessa grau, o paciente não sente mais dor, já que o nervo que causa isso já está necrosado. Quando a situação é essa, somente o tratamento de canal pode solucionar o caso. “Por isso, é importante procurar um profissional para intervir na dor, não importa em que grau esteja. Só uma avaliação clínica para indicar o melhor medicamento ou tratamento”, finaliza a dentista.

Prevenção é sempre o melhor remédio

A verdade é que prevenir é sempre a melhor solução para a saúde. Além de manter uma boa rotina de higiene bucal, a especialista ressalta que consultas periódicas ao dentista são essenciais para manter a saúde bucal preservada. A profilaxia dental, também conhecida como limpeza dos dentes, deve ser realizada pelo menos 2 vezes ao ano para reduzir as chances de problemas bucais. Fora isso, durante as consultas, ela indica que as lesões de cárie podem ser detectadas logo o início, antes mesmo de causar dor, agilizando ainda mais o tratamento.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Heloísa Crisóstomo - Odontologista com aperfeiçoamento em dentística, prótese e prótese sobre implante
CRO: DF-CD-8149