Para uns, ao olhar no espelho e ver o sorriso com dentes separados é motivo de vergonha, para outros, é charme. A verdade é que, ter os dentes saudáveis e alinhados é importante para a saúde bucal, no entanto, o sorriso ‘janelinha’, como é conhecido por muitos, pode se tornar até mesmo uma marca registrada (alô Madonna! Alô Brigitte Bardot!). Denominado diastema, esse espacinho entre os dentes se situa entre os dois dentes frontais da arcada superior, e caso não sejam tratados, em alguns casos podem vir até a prejudicar o sorriso, chegando a desalinhar os demais dentes. Mas será que eles podem atingir também aos dentes molares? Pensando nisso, o Sorrisologia conversou um pouco com Djalma Faria, ortodontista e especialista em visagismo facial, e ele explicou um pouco mais sobre esse problema. Confira!

Quais são os dentes mais comuns para o diastema aparecer?

O diastema, espaço entre dois ou mais dentes, aparece mais recorrente nos superiores frontais. Ele ainda pode aparecer na primeira dentição, sendo fechado com a substituição do dente, ou surgir somente com os dentes permanentes. “Os diastemas geralmente aparecem em dentes anteriores superiores e inferiores. Raramente ocorrem entre caninos e pré molares ou até entre molares, o que é mais difícil de acontecer!”, explica Djalma, que conclui “Mesmo assim, podem existir diastemas entre os dentes molares. Se os molares forem pequenos, haverá espaço entre eles”

Quais são as causas mais comuns para esse quadro?

Além das motivações genéticas, que já fazem com que os dentes nasçam falhados em algumas vezes, alguns hábitos podem provocar diastemas. Segundo Djalma, os diastemas ocorrem pela falta de proporção entre a arcada dentária e o tamanho dos dentes. “Geralmente a arcada é grande demais ou os dentes são pequenos em demais”, esclarece.

Opções de tratamento para diastema 

Para Djalma, o tratamento ortodôntico é a melhor opção para a correção dos diastemas. No entanto, o ortodontista explica também que o uso de próteses é favorável: “Pode-se lançar mão também do uso de próteses, aumento dos dentes com resina composta, lentes de contato odontológicas ou facetas de porcelana”, explica Djalma, que ressalta: “O uso de resinas compostas é boa aliada para o tratamento ortodôntico. Isso porque pode haver recidiva nos diastemas tratados. Assim, o uso de resina fará com que o espaço feche permanentemente”.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Djalma Faria - Ortodontista e Especialista em Visagismo Facial
Campinas - SP
CRO-SP: 59104