Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
17.09.2020

Diastema precisa ser corrigido? Entenda em quais casos é necessário o ajuste desse espaço entre os dentes

Você tem diastema e está na dúvida se precisa corrigir os dentes? Veja o que uma especialista tem a dizer
Você tem diastema e está na dúvida se precisa corrigir os dentes? Veja o que uma especialista tem a dizer

Expert

Caroline Malavasi

Caroline Malavasi

CRO /RJ 38947

Especialista em Ortodontia e mestre em Dentística pela Universidade Federal Fluminense, com consultório na Barra da Tijuca (RJ)

O diastema é uma característica bem marcante e conhecida no sorriso de muita gente, inclusive de celebridades, como a cantora Madonna. Embora esse espacinho entre os dentes seja comum, algumas pessoas têm dúvida se é necessário corrigi-lo. Para entender melhor o que é essa frestinha e se deve ser fechado ou não, o Sorrisologia entrevistou a ortodontista Caroline Malavasi. Veja só o que ela disse!

O que é o diastema? Entenda como o espaço entre os dentes se forma

O diastema é o espaço ou fresta localizado entre os dentes, bem na região em que passamos o fio dental. Ele se forma nos elementos anteriores-superiores, principalmente entre os incisivos centrais, mas também pode acontecer entre outros dentes da arcada. Nas crianças, é normal que seja observado durante a fase de troca dos dentes de leite pelos permanentes e, na maioria desses casos, o diastema pode fechar sozinho.

De acordo com a dentista, esse espaço pode ser formado por diversos fatores, como, por exemplo: "A diferença de tamanho entre os dentes, a existência de freio labial com baixa inserção (tecido que vai do lábio à gengiva), doença periodontal, perda de algum dente ou ausência dele, hábitos orais (uso de chupetas na infância, chupar dedo), alterações de oclusão, mordida e pressão exacerbada da língua entre os dentes", ressaltou.

O diastema precisa ser corrigido: sim ou não?

O diastema pode desfavorecer a harmonia do sorriso, porém, esteticamente, só deve ser tratado caso o paciente realmente sinta algum desconforto estético e social quanto a isso. "É necessário, também, observar se o problema é de ordem funcional ou se está relacionado à má oclusão, assim, o dentista poderá orientar o melhor tipo de correção e tratamento", esclareceu a especialista. 

Esses espaços entre os dentes podem, por exemplo, proporcionar distúrbios fonéticos e também aumentar as chances do aparecimento de doenças bucais por conta da maior facilidade de acúmulo de alimentos entre os dentes. Nesses casos, os cuidados com a higiene bucal através da correta escovação e do uso diário de fio dental são ainda mais importantes. Outra ferramenta que ajuda bastante a remover a placa bacteriana acumulada no diastema é a escova interdental.

Como a diastema pode ser corrigida: veja as opções de tratamento

É importante que a origem do problema seja levada em conta pelo dentista responsável. Isso porque o tipo de tratamento vai variar de acordo com a etiologia de cada um. "Na maioria dos pacientes adultos, esse tratamento pode ser realizado por meio do aparelho ortodôntico ou de uma complementação estética. Nesta última, podemos melhorar a anatomia e o formato dos dentes utilizando-se incrementos de resina composta ou realizando a confecção de facetas ou laminados cerâmicos nos elementos envolvidos", indicou Caroline.

Já nas crianças, pode ser realizada uma frenectomia para reposicionar ou reduzir o freio, permitindo maior flexibilidade do lábio. Quando necessário, essa cirurgia também pode ser associado ao tratamento ortodôntico.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Caroline Malavasi - Especialista em Ortodontia e mestre em Dentística pela Universidade Federal Fluminense, com consultório na Barra da Tijuca (RJ)
Rio de Janeiro - RJ

Mais Matérias: Dentes
A cor das ligas de aparelho fazem diferença no tratamento ortodôntico?
Dentes
A cor das ligas de aparelho fazem diferença no tratamento ortodôntico?
Quando o assunto é tratamento ortodôntico , existem algumas ferramentas que são fundamentais...
com a participação de:
Rita Ventura
CRO-RJ: 42601
Como saber se sua restauração dentária está alta ou baixa demais?
Dentes
Como saber se sua restauração dentária está alta ou baixa demais?
A restauração no dente é um dos procedimentos mais realizados nos consultórios odontológicos. Capaz de restabelecer a forma e função do elemento dentário, o tratamento é bastante indicado em casos de cáries, traumas e fraturas. Mas, assim como qualquer outra técnica, a...
Restauração dentária em bloco ou coroa? Dentista recomenda qual é a melhor
Dentes
Restauração dentária em bloco ou coroa? Dentista recomenda qual é a melhor
Dentes cariados ou fraturados podem ser recuperados através de uma  restauração...
com a participação de:
Rita Ventura
CRO-RJ: 42601
O que pode causar um dente furado? Cárie, fratura, desgaste na obturação... conheça 5 fatores
Dentes
O que pode causar um dente furado? Cárie, fratura, desgaste na obturação... conheça 5...
Ter bons hábitos alimentares e uma rotina regrada de higiene bucal é imprescindível para...
com a participação de:
Ana Araújo
CRO-RJ: 19.220
Extração de dente siso incluso: como é feita a cirurgia? É mais demorada? Veja como é a recuperação no pós-operatório
Dentes
Extração de dente siso incluso: como é feita a cirurgia? É mais demorada? Veja como é a...
Você sabe quando a extração do dente siso é recomendada? Embora alguns pacientes...
com a participação de:
Nelson Alfarano
CRO-RJ: 18163
Obturação dói? Entenda como o tratamento de restauração é feito e todos os cuidados com o dente
Dentes
Obturação dói? Entenda como o tratamento de restauração é feito e todos os cuidados com...
A obturação dentária é um procedimento bastante conhecido no universo...
com a participação de:
Rita Ventura
CRO-RJ: 42601