Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
19.12.2016

Dentista lista 4 atitudes que previnem a retração gengival

 Sofrer com a retração gengival não dá. Pensando nisso, o Sorrisologia convidou o dentista Max Ferreira para listar algumas dicas de como prevenir o problema
Sofrer com a retração gengival não dá. Pensando nisso, o Sorrisologia convidou o dentista Max Ferreira para listar algumas dicas de como prevenir o problema

Expert

Max de Aguiar Ferreira

Max de Aguiar Ferreira

CRO-RJ :27553

Graduado em Odontologia pela UERJ e Especialista em Saúde Bucal Coletiva pela ABORJ (Associação Brasileira de Odontologia).

Você já ouviu falar de retração gengival? É o afastamento da linha da gengiva, que circunda os dentes, em direção à raiz, fazendo com que toda a parte do dente coberta pela mucosa apareça. Muitas vezes, este problema já está tão avançado que dá a impressão do paciente ter dentes bem grandes. Sem falar que este cenário pode causar uma série de complicações bucais. Dentre elas o mau hálito e a gengivite. Para não correr esse risco, o dentista Max Ferreira lista 4 atitudes que previnem o deslocamento da gengiva.

Porque a retração acontece?

No início, a retração nem incomoda tanto. Na verdade, é quase imperceptível. Mas, com o passar do tempo, esse problema começa a dar seus primeiros sinais, como a dor da sensibilidade na parte que, antes, era coberta. Max conta que esse afastamento da gengiva normalmente acontece por um trauma local, causado pela escovação. No entanto, outras causas também podem ser enumeradas. "Como a gengivite, movimentos ortodônticos, dentes apinhados, restaurações desadaptadas na região próxima à gengiva, além de trauma oclusal".

1) Tenha uma rotina de limpeza bucal

Existem muitos benefícios para quem escova os dentes corretamente e todos os dias após as refeições. A higiene bucal previne seus dentes de muitas bactérias e doenças propícias para aquele ambiente. "Ter uma rotina de limpeza ajuda a reduzir a quantidade de placa bacteriana próxima à gengiva e previne a gengivite, que é uma das principais causas da retração". Agora você tem mais um motivo para seguir uma rotina higiênica à risca.

2) Não fique com preguiça de usar o fio dental

Muita gente faz cara feia quanto ao uso do fio dental antes da escovação. Mas não adianta querer pular essa etapa. Até porque a ferramenta traz um monte de vantagens para os dentes e gengivas. "A utilização do fio dental é imprescindível para evitar a gengivite, principalmente nos espaços interdentais". Evitar um estágio de gengiva inflamada previne uma possível retração. Lembre-se de comprar aquele modelo de fio que mais combina com suas necessidades bucais.

3) Adote uma alimentação saudável

Você sabia que os hábitos alimentares podem influenciar nas causas da retração gengival? "É importante o consumo de alimentos que contenham Vitamina C, como laranja, kiwi e morango, pois reforçam o tecido gengival", explica o dentista. Incluir no cardápio nutrientes fibrosos também é importante. Eles são responsáveis por realizar uma limpeza mecânica e superficial dos tecidos dentários.

4) Deixe os maus hábitos de lado

Abandonar maus hábitos como o tabagismo e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas são importantes na prevenção da retração. "Tanto o tabaco como o álcool agride o tecido gengival, facilitando a inflamação causada pelo maior acúmulo de placa bacteriana na linha da gengiva". Que tal praticar todas essas dicas e manter seu sorriso bonito e saudável por mais tempo?

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Max de Aguiar Ferreira - Odontologista
Armação de Búzios - RJ
CRO-RJ :27553

Mais Matérias: Gengiva
Sensibilidade dentária após a gengivoplastia: é normal ter? Descubra como aliviar essa dor de dente
Gengiva
Sensibilidade dentária após a gengivoplastia: é normal ter? Descubra como aliviar essa...
A gengivoplastia é um tratamento bastante procurado nos consultórios dentários. Simples e...
com a participação de:
Kalina Diniz
CRO-SP: 110560
Quanto tempo dura a periodontite? Saiba como tratar a doença bucal e todos os cuidados para preveni-la ainda na gengivite
Gengiva
Quanto tempo dura a periodontite? Saiba como tratar a doença bucal e todos os cuidados...
A periodontite é uma das doenças bucais mais perigosas que podem atingir o seu sorriso. Causada pela...
com a participação de:
Renata Ribeiro Horn
CRO/RJ: 30422
Gengiva inchada e sangrando após o uso da escova de dentes elétrica: preciso interromper o uso?
Gengiva
Gengiva inchada e sangrando após o uso da escova de dentes elétrica: preciso...
Você notou a gengiva inchada e sangrando depois de usar a escova de dentes elétrica? Isso pode ser um...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
A escova de dentes elétrica ajuda no tratamento da gengivite? Entenda os benefícios desse produto de higiene bucal
Gengiva
A escova de dentes elétrica ajuda no tratamento da gengivite? Entenda os benefícios...
Por qual motivo você escova os dentes? Apenas por ser uma obrigação ou para que o seu sorriso...
com a participação de:
Caroline Malavasi
CRO /RJ 38947
Doenças bucais, como a gengivite, podem prejudicar o tratamento do coronavírus?
Gengiva
Doenças bucais, como a gengivite, podem prejudicar o tratamento do coronavírus?
Gengivite, periodontite, cárie...  Essas doenças bucais são um verdadeiro perigo para...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Gengiva inchada e sensível durante o período menstrual: 3 maneiras de aliviar esses incômodos
Gengiva
Gengiva inchada e sensível durante o período menstrual: 3 maneiras de aliviar esses incômodos
A sua gengiva está inchada e bastante sensível, e esses sintomas coincidiram com o seu período menstrual? A verdade é que, esses sinais, embora pareçam muito com os da gengivite , acabam sendo bem comuns durante a menstruação, devido a alteração hormonal da mulher ao longo ou no...