Dente trincado é um quadro que, apesar de quase imperceptível, merece atenção. Apesar de não causar dor, pode prejudicar toda a estrutura dentária de diversas maneiras. Isso porque o problema, na verdade, está no esmalte dentário, que é a estrutura mais mineralizada e resistente do dente. Este, por sua vez, cumpre principalmente, o papel de realizar a proteção às estruturas mais frágeis que compõem o dente. Ou seja, por ser o tecido mais ‘duro’, um probleminha como a rachadura indica que algo não vai muito bem em sua saúde bucal. Por isso, o Sorrisologia conversou um pouco com o ortodontista especializado em DTM, Robson Caumo, e ele explicou mais sobre esse quadro. Veja a seguir!

O que causa um dente fique trincado

Este problema acontece quando se forma uma rachadura ou fissura no dente. Robson esclarece que, normalmente, esse quadro acontece após traumas, sejam eles microtraumas, como apertar os dentes em demasia, em casos de bruxismo, por exemplo, e em outros hábitos parafuncionais, como morder um objeto duro, gelo ou bala. Ou em grandes traumas como uma lesão. Embora essas rachaduras não provoquem sintomas, elas podem causar um certo incômodo, que costuma surgir ao mastigar ou beber, e que varia de acordo com a região do dente afetada e extensão da lesão.

Os riscos de um dente trincado

O odontologista explica que estas trincas nos dentes podem acabar favorecendo o acúmulo de placa bacteriana no local, aumentando assim, o risco de aparecimento de cáries, por exemplo. Além disso, Robson explica que em alguns casos, a situação pode levar a uma possível fratura dental: “ A retenção de corantes, oriundos da dieta, podem levar ao manchamento dessa linha de fratura ou em casos mais prolongados, levar à fratura dental” diz.

Trincas no dente torna a sua funcionalidade comprometida

Devido ao trincamento do dente, a funcionalidade do dente pode sim, ser comprometida. Robson exemplifica: “As fissuras dentárias são como rachaduras na parede, que inicialmente pode ser pequenas e aparentemente inofensivas, mas se o trauma não for removido, ela provavelmente irá crescer”, esclarece. Ainda de acordo com ele, isso pode levar à uma possível fratura do fragmento dentário, o que pode dificultar ou até impedir o uso normal do dente.

Você trincou algum dente? Veja o que precisa fazer

O tratamento pode ser meramente conservador, acompanhando e radiografando regularmente o dente, ou reabilitando-o, o que pode ser através de restaurações diretas com resina composta, ou em casos mais complexos com próteses unitárias de resina ou cerâmica. O odontologista esclarece que se por um acaso a fratura do dente comprometer a integridade do mesmo, deve ser extraído. “O implante dentário é uma das opções de reabilitação”, explica.

Este artigo tem a contribuição do especialista: 
Robson Caumo - Ortodontista e Especialista em DTM
Niterói - RJ
CRO-RJ: 30043