O creme dental é uma das principais ferramentas no ritual da escovação. Além de ajudar a manter os dentes limpos, mais brancos, prevenir o tártaro e doenças gengivais, esse produto também pode regenerar seu sorriso. Sabia? Mas será que é verdade? Como isso é possível? Para entender melhor como funciona essa novidade tecnológica da odontologia, o Sorrisologia entrevistou especialista Diego Limoeiro. Veja só!

É verdade que já existem cremes dentais que regeneram os dentes?

Antes de tudo, o dentista afirma que é importante entender o que seria a função "regeneradora de dentes". "O tecido mineralizado dos nossos dentes, mais especificamente o esmalte dentário, possui contato com diversas moléculas químicas ao longo do dia, e o que mais o prejudica são alimentos promovem a sua desmineralização". Sendo assim, é possível que um creme dental ajude a proteger os dentes que estão sem o esmalte, para evitar a sensibilidade, a formação de cárie e outros problemas bucais. 

Qual é a função desses cremes dentais regeneradores?

Conforme Diego explicou, existem cremes dentais que ajudam a recuperar sorrisos que estão passando pelo processo de desmineralização. Eles têm a função de formar uma camada protetora, substituindo o esmalte dentário, para manter os elementos protegidos, evitando a sensibilidade, pro exemplo. "Portanto, de maneira geral, os cremes dentais não regeneram processos avançados de cárie e precisamos estar atentos para não sermos enganados por propagandas milagrosas", atentou o especialista.

Em quais casos esse tipo de creme dental pode ser indicado?

Se você sofre de sensibilidade, erosão dentária ou outras doenças que causam o desgaste do esmalte, não só pode, como deve incluir esse cuidado na sua rotina de higiene bucal. O dentista atenta que os hábitos dos pacientes são responsáveis por esses problemas. "Falta de higiene adequada, bruxismo, uso de escovas com cerdas duras, trauma nos dentes, uso de força excessiva durante a escovação são alguns exemplos", revelou.

Outros costumes, como o hábito de ingestão de alimentos ácidos, e principalmente a ingestão frequente de refrigerantes tem grande papel no que chamamos de erosão ácida. Até mesmo pessoas com transtornos de bulimia podem ser afetadas.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Diego Limoeiro - Cirurgião bucomaxilofacial / Implantodontista Pós-graduado em Cirurgia da ATM Especialista em DTM e Dor orofacial
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 31146