Os dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) não mentem: já são quase 190 mil casos do coronavírus no mundo todo, considerando-se uma pandemia. A rápida transimssão do novo vírus se tornou uma realidade e o melhor tratamento é a prevenção da doença. Além de evitar qualquer tipo de contato, como apertos de mãos e abraços, também é importante manter os devidos cuidados com a saúde bucal. Pensando nisso, o Sorrisologia entrevistou a dentista Ana Araújo, que esclareceu as principais medidas para evitar a transmissão do COVID-19.

Cuidar da saúde bucal pode evitar a transmissão do coronavírus

Assim como qualquer medida de higiene, levar uma rotina adequada com escovação, uso do fio dental e do enxaguante bucal, ajuda a evitar a transmissão da doença. Sendo assim, a dentista garante: “Manter a saúde bucal em condições favoráveis, evita o crescimento de microrganismos na boca que podem circular pelo corpo e evoluir também para uma baixa imunidade”. Saiba quais medidas tomar para evitar a contaminação do corona vírus:

1. Troque a escova de dentes com regularidade

Segundo a Drª Ana, devemos trocar as escovas de dentes após qualquer tipo de problemas de saúde, depois de ter ficado internado no hospital ou  mesmo em tempos de coronavírus. “Além disso as escovas devem ser trocadas quando as cerdas começarem a deformar ou perder a cor”. Outro cuidado importante é não emprestar a escova para outra pessoa, mesmo sendo da família!

2. Não colocar a mão na boca evita o coronavírus

Em tempos de coronavírus, um dos cuidados mais importantes a ter é não colocar a mão na boca. “As mãos estão em contato constante com várias superfícies diferentes - ambientes, pessoas, animais - que nem sempre estão limpas. Elas absorvem todo tipo de bactérias e, sem perceber, levamos a mão à boca, nariz e olhos, que são vias de entrada para o corpo”. Sendo assim, evite esse hábito e lave as mãos constantemente.

3. Beijos devem ser evitados

Nossa boca é uma porta de entrada para várias bactérias. Por isso a dentista alerta: “Os beijos devem ser evitados neste período, pois os fluidos da boca também transmitem o vírus”.

4. Escovar os dentes com regularidade ajuda a evitar a transmissão da doença

Além de manter seus dentes brancos, longe das cáries e do tártaro, usar o fio dental e escovar os dentes também evita a transmissão da doença. “A higiene deve ser feita após o café da manhã, após o almoço e principalmente antes de dormir. Assim, conseguimos evitar a formação de um ambiente favorável para o coronavírus e outros problemas bucais”, recomendou.

Outros cuidados para prevenir o coronavírus:

5. Lavar as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos, antes e depois de qualquer contato físico;

6. Evitar contato com alguém que tenha os sintomas do coronavírus;

7. Evitar contato com quem tenha voltado de viagem no período de 14 dias das regiões afetadas;

8. Limpar as superfícies de contato e as mãos com álcool gel;

9. Evitar aglomerações - praia, festas, eventos, transporte público;

10. Sair de casa só quando necessário - respeite o período de quarentena;

11. Caso apresente sintomas de febre ou tosse, mantenha-se em casa;

12. Ao tossir ou espirrar, evite cobrir a boca com as mãos, ao invés disso, use o cotovelo;

13. Caso persistam os sintomas e surja falta de ar constante, busque um hospital mais próximo da residência.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Ana Araújo - Especialista em prótese dental/ dentística restauradora/ odontologia do trabalho
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 19.220