Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
31.08.2017

Coroa e raiz: entenda o que é e como funciona cada parte do dente

Você conhece as partes do seu dente? Saiba o que são a coroa e a raiz e quais problemas podem aparecer em cada uma delas
Você conhece as partes do seu dente? Saiba o que são a coroa e a raiz e quais problemas podem aparecer em cada uma delas

Expert

Heloísa Crisóstomo

Heloísa Crisóstomo

CRO: DF-CD-8149

É uma das CEOs da clínica Dental Concept, localizada em Brasília. Formada em odontologia pela Universidade Católica de Brasília, tem certificado DSD e fez aperfeiçoamento em prótese e prótese sobre implante na Associação Brasileira de Odontologia (ABO) de Natal. É presidente da Associação Brasileira de Odontologia (ABO-DF) e especialista em Prótese e Dentística.

Dentes são parte importante do nosso sorriso e sabemos que o cuidado com eles deve ser diário. Os anteriores agem como uma tesoura: são responsáveis por partir os alimentos. Já os posteriores, têm a função de triturar bem os alimentos antes da deglutição. A harmonia entre eles é muito importante para uma saúde bucal adequada. A coroa e a raiz são duas partes que compõem a estrutura desses elementos. Você sabe como funciona cada uma delas? O conhecimento é o primeiro passo para sabermos quais cuidados devemos ter. Pensando nisso, a dentista Heloísa Crisóstomo nos ajudou a entender melhor esses dois componentes e quais são suas funções.

Coroa e raiz: conheça as partes do dente

Cada parte do dente possui uma estrutura e função específicas. A coroa é a parte mais visível do dente, que fica exposta na cavidade bucal. “Ela é responsável por morder e triturar os alimentos e também é a parte que mostramos ao dar um belo sorriso”, explica a dentista.  O formato da coroa é indicativo da posição e da função do dente. Os incisivos, por exemplo, ficam posicionados na frente da boca e possuem coroa em formato de lâmina para cortar os alimentos. Já os caninos são os dentes mais pontiagudos ficam nas laterais para poder furar e também cortar a comida. Os molares e pré-molares têm a coroa mais achatada e são responsáveis pela trituração do bolo alimentar, facilitando ainda mais a digestão. Eles se posicionam na parte traseira da arcada dentária.  A raiz, por sua vez, é responsável pelo suporte dental, e através dela o dente está inserido ao osso. Geralmente, os caninos e os incisivos possuem apenas uma raiz. Molares e pré-molares podem ter de três a quatro raizes. Apesar de ficar escondida, é a maior parte desse elemento, constituindo mais ou menos dois terços da estrutura dentária.

Problemas na coroa e na raiz: o que podem ocasionar para a saúde bucal?

Os problemas na coroa do dente são aqueles mais visíveis, como as cáries que se localizam na superfície de mastigação. Mas essa doença também pode ocorrer na raiz do dente, o que é mais comum em pessoas mais velhas, que são mais propensas à retração da gengiva. Os quadros na raiz são preocupantes, pois podem comprometer o dente por completo. “Em alguns casos o diagnóstico é difícil sem a consulta ao profissional”, alerta Heloísa. Caso ocorra alguma doença na gengiva ou no osso, a raiz poderá ser acometida e deixar toda a estrutura do dente comprometida, podendo levar até a perda dentária. ”Por isso é importante manter tanto os dentes como a gengiva saudáveis”, completa.

Cuidados necessários

A prevenção é o meio mais fácil de evitar possíveis problemas. “É importante o retorno regular ao dentista para avaliação tanto da coroa como da raiz”, avisa. Dessa forma, caso tenha alguma alteração, a intervenção poderá ser feita o mais rápido possível, evitando danos mais graves. Além disso, os cuidados básicos de higiene bucal devem ser sempre seguidos. Escovar os dentes após as refeições e utilizar fio dental diariamente são hábitos que devem estar sempre presentes na sua rotina.

Publicada originalmente em 31/08/2017. Atualizada em 14/04/2021.

Mais Matérias: Dentes
Rejeição do enxerto ósseo dentário: é possível? Entenda!
Dentes
Rejeição do enxerto ósseo dentário: é possível? Entenda!
O enxerto ósseo dentário é um dos procedimentos mais conhecidos nos consultórios...
com a participação de:
Rita Ventura
CRO-RJ: 42601
Quanto tempo posso ficar com um curativo no dente?
Dentes
Quanto tempo posso ficar com um curativo no dente?
Você sabe para que serve o curativo no dente ? Conhecido como uma medida paliativa nos tratamentos...
com a participação de:
Ana Elisa da Silva
CRORS 13490
Antibióticos em excesso estragam os dentes?
Dentes
Antibióticos em excesso estragam os dentes?
Quando se trata de saúde bucal , existem alguns hábitos simples e rotineiros que podem trazer alguns...
com a participação de:
Ana Elisa da Silva
CRORS 13490
Quais problemas uma infiltração na restauração dentária pode trazer?
Dentes
Quais problemas uma infiltração na restauração dentária pode trazer?
A restauração de dente é um dos procedimentos mais conhecidos entre os pacientes. Responsável por devolver a integridade do elemento dentário, ela é recomendada em casos de uma cárie profunda, fratura ou outra doença bucal. No entanto, assim como qualquer outra técnica odontológica,...
Afinal, quantos dentes temos na boca?
Dentes
Afinal, quantos dentes temos na boca?
Uma das dúvidas mais frequentes nos consultórios é sobre quantos dentes temos na boca. E...
com a participação de:
Caroline Malavasi
CRO /RJ 38947
A cor das ligas de aparelho fazem diferença no tratamento ortodôntico?
Dentes
A cor das ligas de aparelho fazem diferença no tratamento ortodôntico?
Quando o assunto é tratamento ortodôntico , existem algumas ferramentas que são fundamentais...
com a participação de:
Rita Ventura
CRO-RJ: 42601