Em casos de maiores complicações, a placa bacteriana apresenta um tom amarelado. Mas, normalmente, ela é incolor. Como uma parte natural dos dentes, a placa é o resultado de bactérias, restos de alimentos e má higiene bucal. Ela deve ser retirada diariamente, já que seu acúmulo pode dar início a muitos problemas bucais, como gengivite, cárie e tártaro. Novos no mercado, os reveladores de placa bacteriana, também chamados de evidenciadores, apareceram para ajudar o paciente a remover essa camada indesejada. Você conhece-os? O ortodontista Djalma Faria explica o que são!

Os reveladores de placa bacteriana são ferramentas eficientes

Depois de escovar os dentes ou de passar fio dental, fica aquela dúvida: “Será que tirei todas as impurezas dos meus dentes?”. E os reveladores respondem! Eles funcionam como verdadeiras lanternas e evidenciam a presença de placa nos dentes e nas gengivas do paciente. “Servem para ‘colorir’ a placa bacteriana, já que ela é incolor e, assim, removê-la em sua totalidade durante a escovação”, explica Djalma.

Existem 4 tipos diferentes, todos contém um corante chamado eritrosina. Quando este composto químico entre em contato com os dentes, ele reage com a placa. Ela, assim, adquire um aspecto rosado, deixando nítidos os locais onde o paciente não removeu a placa bacteriana adequadamente e, por isso, deve focar na limpeza.

A aplicação é simples e fácil, mas importante

Para que tudo siga como o planejado, o paciente deve saber aplicar o produto corretamente. “Ele é disponível em diversos formatos: pastilhas, líquidos e creme dental. E todos colorem a placa bacteriana nos dentes”, comenta o profissional. Para escolher o melhor produto para você, vale consultar um dentista, já que pacientes que têm muita placa bacteriana devem preferir um tipo específico.

Se o seu revelador for em pastilha, mastigue-a e misture com a saliva por 30 segundos, depois cuspa. Para os reveladores em creme, basta espalhar o produto pela superfície dos dentes com um cotonete. E, por fim, pacientes que desejam utilizar a tecnologia na forma líquida devem colocá-los na boca, fazer bochecho por 30 segundos e depois cuspirem o produto. A aplicação é a parte mais importante. Se forem aplicados de forma rasa, os evidenciadores não farão seu trabalho adequadamente.

Reveladores podem ajudar em alguns tratamentos

Já que a placa bacteriana é motivo de algumas complicações, os evidenciadores podem ajudar significativamente o tratamento desses pacientes. “Eles são recomendados em pacientes com alto risco em acumular placa, uso de aparelhos ortodônticos, pacientes com doenças crônicas que acumulam muita placa bacteriana e outros fatores de risco”, indica Djalma. Mesmo que você não se enquadre em nenhuma das doenças causadas pelo acúmulo da placa, você pode usá-los para saber como é a sua higienização pessoal.
Mas, além de ótimos nesses tratamentos, os reveladores também podem divertir o processo de higienização bucal dos pequenos! Às vezes, as crianças que estão começando a escovar os dentes sozinhas não têm ânimo para cuidar da saúde bucal. Nesses casos, o uso dessa tecnologia pode deixá-los mais motivados na hora da escovação correta.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Djalma Faria - Ortodontista e Especialista em Visagismo Facial
Campinas - SP
CRO-SP: 59104