Com diversas cores e várias formas de ser fazer combinações, as borrachinhas dos aparelhos ortodonticos fazem sucesso entre os pacientes. Porém, muitas pessoas não sabem sua verdadeira função e qual a maneira correta de cuidar bem dessa peça , que tem papel importante ao longo de todo o tratamento. Conversamos com o dentista George Patta que explica qual a finalidade delas e qual é a maneira ideal de fazer a sua manutenção.

Qual a função da borrachinha?

O elástico ou ligadura, que é mais conhecido como borrachinha, possuem uma das principais funções do aparelho durante o tratamento ortodôntico. Elas fazem com que haja a ativação da movimentação dos dentes. “A sua principal função é prender ou ligar pressionando o fio metálico ortodôntico nos bráquetes”, comenta a dentista. Assim, quando coladas nas pecinhas metálicas faz com que ocorra a movimentação correta de todos os dentes da arcada dentária, explica George.

Existem modelos de aparelhos ortodônticos que não usam borrachinhas?

Existem diversos modelos de aparelhos odontológicos que não precisam de borrachinhas, um deles é chamado de aparelho autoligado. “Esse modelo possui uma tampinha que se abre e fecha e prende diretamente o fio metálico no braquete”, explica o dentista.

Um outro aparelho que não precisa utilizar as borrachinhas são os invisíveis, mais conhecidos como alinhadores. Eles são em formato de placas transparentes e se parecem com as moldeiras utilizadas para clareamentos dentais que se encaixam em toda a arcada. “Esses alinhadores são apresentados em sequência e entregue aos pacientes conforme os movimentos dos dentes”, completa George.

O que acontece se a borrachinha se soltar?

Sim. Uma vez que solta, a borrachinha deixa o fio solto sem exercer a pressão no bráquete. Por conta disso, não irá acontecer o movimento desejado e a falta da peça também poderá movimentar e influenciar na posição de dentes vizinho. A situação só será resolvida quando o paciente retornar ao seu ortodontista para repor a borrachinha.

Qual a importância de trocar a borrachinha?

Por fazer parte da ativação dos movimentos relacionados ao aparelho, a borrachinha exerce um papel principal no tratamento. É importante que o material tenha uma boa qualidade para que consiga exercer força ou pressão durante os 30 dias até a próxima consulta do paciente com o dentista. "Além de ser importante a sua troca pela perda de força durante o uso, ela pode ser propícia ao acúmulo de restos de alimentos formando a placa dental”, completa o dentista. Um outro motivo para a troca das borrachinhas é que com o tempo elas podem acabar perdendo sua coloração, e assim ficam com uma aparência anti-higiênica, comprometendo também a estética.

A troca dessa borrachinha é indicada a casa 25 e, no máximo, 35 dias. “É importante ressaltar que essa troca pode variar conforme a sua qualidade e com os cuidados do paciente relacionado à higiene e alimentação”, finaliza o profissional.

Quer saber mais como funciona o tratamento ortodôntico? Confira assistindo ao vídeo do Manual do Mundo:

Este artigo tem a contribuição do especialista:
George Patta - Especialista em Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares
Ariquemes - RO
CRO-RO 901