Você já ouviu falar em restauração dentária? Tal procedimento normalmente é indicado em casos em que o paciente possui um ou mais dentes cariados ou que sofrer alguma fratura. Antigamente, esse processo era realizado com amálgama, material da cor prata e que acabava sendo um incômodo estético. Hoje, essa realidade mudou e a resina é a opção mais procurada, pois ela é composta de um material mais branquinho e discreto. Com certa variedade nos tipos de resina, o avanço tecnológico mais recente ficou conhecido como bulk-fill. Que tal conhecer um pouco mais sobre essa inovação odontológica?

O que são as resinas bulk-fill?

Também chamadas de resinas de preenchimento em bloco, de preenchimento único ou de preenchimento em massa, as resinas bulk-fill são relativamente novas no mercado odontológico e comumente utilizadas para realizar restaurações. Elas permitem maior profundidade do que as resinas convencionais, de forma que o preenchimento das cavidades orais possua uma espessura diferente das normalmente utilizadas, sendo mais grossa.

Quais as indicações e contraindicações para seu uso?

Inicialmente, esse tipo de resina costumava ser indicado para pessoas com a necessidade de preencher as cavidades dos dentes posteriores, mas hoje em dia ele tem sido indicado também por outros motivos, como a construção de núcleos de preenchimento. Quanto às suas contraindicações, pode-se dizer que, devido ao seu material de composição, é uma resina que não é tão utilizada na restauração de dentes anteriores.

Vantagens e desvantagens da resina bulk-fill

É indiscutível que um dos principais motivos para que alguém opte pelo novo material é a redução de tempo de execução do tratamento, principalmente quando há restaurações direcionadas à grandes cavidades a serem preenchidas. Mas como nem tudo são flores, é preciso revelar que uma desvantagem associada ao novo produto é o alto custo, se comparado às resinas tradicionais. Além disso, o fato de a bulk-fill ser indicada apenas para dentes posteriores acaba limitando sua popularidade, mas não compromete sua eficácia.