Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
23.06.2017

Compartilhar a escova de dente pode passar doenças como o herpes bucal?

Se você já emprestou ou pegou emprestado a escova de dente de alguém, talvez seja melhor rever esse hábito pelo bem da sua saúde
Se você já emprestou ou pegou emprestado a escova de dente de alguém, talvez seja melhor rever esse hábito pelo bem da sua saúde

Expert

Patricia Pereira

Patricia Pereira

CRO-RJ: 37.965

Ortodontista (FUNORTE - Smille/Niterói - RJ) Odontopediatra (Faculdade Redentor - Ortodontic / Niterói - RJ) Mestre em Microbiologia Clínica (UERJ)

Ultimamente você tem notado algumas feridas na sua boca? Elas doem ou costumam te incomodar bastante? Esses sintomas podem ser o vírus herpes simples. Mas como você contraiu? Essa doença pode ser transmitida através de hábitos bem simples, como o compartilhamento de objetos pessoais. Será que uma escova de dente também é capaz de passar esse problema de uma pessoa para outra? Para esclarecer o risco, o Sorrisologia entrevistou a dentista Patricia Pereira. 

Herpes bucal pode ser transmitido pela escova de dente?

Dividir um copo de suco ou emprestar aquele batom para a sua melhor amiga deve parecer algo bem comum para você. Mas o hábito de compartilhar esses utensílios pode refletir em uma série de problemas para a sua boca, um deles é o vírus herpes. Essa doença acaba passando rapidamente de pessoa para pessoa com atitudes inofensivas, como o compartilhamento da escova de dente. "Ela, sem dúvida, é um veículo de acesso à cavidade bucal que permite a transmissão potencial de doenças caso seja compartilhado", atenta a profissional.

Mas como isso acontece? Quando o paciente está com o vírus ativo, muitas lesões costumam aparecer nos lábios, e se a escova encostar bem no local, se torna um objeto contaminado e propagador da doença. "Alguns relatos mostram a capacidade do vírus mostrar-se viável por até uma semana na escova de dente", alerta. Por outro lado, alguns fatores ligados a temperatura, higiene e imunidade da pessoa podem diminuir as chances de transmissão.

Outras doenças também podem ser transmitidas através da escova 

Quando uma escova de dente é compartilhada, milhares de bactérias são trocadas de um paciente para o outro. A mesma situação acaba se repetindo com a transmissão de algumas doenças bucais. Patricia ainda afirma que portadores de estafilococos também podem passar a bactéria pela escova de dente. "Pacientes portadores de estafilococos resistentes a meticilina podem transmitir através de seus objetos íntimos a bactéria para outra pessoa. Caso esta pessoa apresente uma imunossupressão, pode ocasionar problemas sérios". O jeito é manter seus pertences bem distantes de outros sorrisos. 

Como evitar esse cenário?

A melhor maneira de evitar a transmissão do herpes bucal é não dividir a sua escova de dente com ninguém, independentemente da relação ou do grau de parentesco que você tem com a pessoa. Às vezes o seu melhor amigo pode ter a doença e não saber. Por isso, a dentista dá o recado. "Objetos de uso pessoal e íntimo são individualizados e não devem ser compartilhados", finaliza. 

Mais Matérias: Herpes Labial
Herpes labial: tratamento caseiro funciona? Veja 4 opções para lidar com o problema em casa
Herpes Labial
Herpes labial: tratamento caseiro funciona? Veja 4 opções para lidar com o problema em casa
Dentre as doenças que podem atingir a boca, o  herpes labial é certamente uma das mais imprevisíveis e incômodas. Causada pelo vírus herpes simples, ela é caracterizada pelo surgimento de pequenas bolhas que possuem o aspecto de feridas e podem ser bastante dolorosas. Embora não tenha cura, o herpes...
Herpes não tem cura: dentista explica o porquê e indica os melhores remédios para aliviar as bolhas
Herpes Labial
Herpes não tem cura: dentista explica o porquê e indica os melhores remédios para...
Você descobriu que tem herpes labial e ainda não sabe como lidar com o problema? De fato, são...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Qual é o melhor remédio para herpes labial? Dentista recomenda os cuidados para controlar o vírus e não se espalhar
Herpes Labial
Qual é o melhor remédio para herpes labial? Dentista recomenda os cuidados para...
Notou a presença de bolhas pequenas e incômodas na boca? Isso pode ser um sinal de herpes labial ....
com a participação de:
Dulce Helena Cabelho Passarelli
CRO-SP: 35856
Afta nos lábios ou herpes labial: saiba como diferenciar essas duas lesões na boca
Herpes Labial
Afta nos lábios ou herpes labial: saiba como diferenciar essas duas lesões na boca
Se você já teve uma afta na boca, sabe muito bem a sensação de desconforto que...
com a participação de:
Daniele Machado
CRO-RJ 26.953
Herpes bucal x ansiedade: entenda como esses dois estão interligados e como prevenir a manifestação da doença
Herpes Labial
Herpes bucal x ansiedade: entenda como esses dois estão interligados e como prevenir a...
Você sabia que a ansiedade pode ser a causa de alguns problemas bucais? Entre eles, está a herpes ....
com a participação de:
Daniel Cohen Goldemberg
CRO-RJ: 29267
Herpes labial: o que é? Como surge? Quais são os sintomas? Qual é o melhor tratamento? Saiba tudo sobre o assunto
Herpes Labial
Herpes labial: o que é? Como surge? Quais são os sintomas? Qual é o melhor tratamento?...
Você desconfia que está com herpes labial? Olhar para o espelho e notar uma feridinha na boca pode...
com a participação de:
Dulce Helena Cabelho Passarelli
CRO-SP: 35856