Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
08.04.2021

Como saber se sua restauração dentária está alta ou baixa demais?

O desnível da restauração no dente pode resultar em incômodos maiores. Saiba como identificar o problema e os cuidados necessários!
O desnível da restauração no dente pode resultar em incômodos maiores. Saiba como identificar o problema e os cuidados necessários!

A restauração no dente é um dos procedimentos mais realizados nos consultórios odontológicos. Capaz de restabelecer a forma e função do elemento dentário, o tratamento é bastante indicado em casos de cáries, traumas e fraturas. Mas, assim como qualquer outra técnica, a restauração em resina ou amálgama não está livre de possíveis complicações.

A falta de uniformidade entre o dente restaurado e os demais, por exemplo, é um problema que pode acontecer. Para te ajudar a identificá-lo, reunimos abaixo alguns sintomas que podem indicar que a sua restauração dentária está alta ou baixa demais. Confira!

Antes de tudo, entenda o que é a restauração no dente

De maneira geral, a restauração no dente nada mais é do que a reconstrução de um elemento dentário que possui danos causados por algum problema bucal, como cárie ou fratura. O processo tem como objetivo restabelecer a forma e função do dente afetado.

Para isso, a restauração dentária pode ser dividida em duas formas: direta ou indireta. Na primeira, o procedimento só é feito quando há a possibilidade de adicionar material diretamente no dente a ser restaurado. Já a restauração indireta, é recomendada para casos em que o desgaste e a cavidade são maiores, exigindo um preparo do material antes de ser encaixado no dente.

Como identificar uma restauração no dente alta ou baixa demais?

Notar a sua restauração dentária alta ou baixa demais é um quadro mais comum do que se imagina. Geralmente, o problema costuma ser identificado ainda durante a consulta, já que o primeiro sinal de que algo está errado é sentir os dentes encostados ao fechar a boca.

Quando isso não acontece, existem outros incômodos que podem sinalizar o erro no procedimento. A dor e sensibilidade nos dentes após a restauração dentária, por exemplo, são alguns deles. Embora esses sintomas sejam comuns por duas ou três semanas depois do tratamento, eles tendem a passar após esse período - caso contrário, pode indicar a necessidade de uma nova avaliação pelo profissional.

Problemas na restauração no dente exigem uma nova consulta com o dentista

Embora o desnível na restauração dentária pareça um quadro inofensivo, ele deve ser resolvido o quanto antes para evitar problemas maiores. Isso porque se a restauração no dente estiver mais alta ou mais baixa, mesmo que minimamente, os riscos de traumas dentários são maiores, já que o elemento tende a trabalhar com uma sobrecarga - o que pode danificar a resina ou amálgama, danificar o dente e sua estrutura de suporte e resultar em dores na região.

Além disso, a alteração pode prejudicar a musculatura e, consequentemente, causar dores e problemas na ATM. Por outro lado, uma restauração baixa demais pode resultar em prejuízos na função mastigatória da boca devido à falta do equilíbrio oclusal. Por isso, lembre-se: a qualquer sinal de problemas na restauração dentária é importante consultar um profissional especializado. Dessa forma, é possível garantir que a saúde do seu sorriso estará em dia.

Mais Matérias: Dentes
Flúor na higiene bucal: conheça os benefícios, como usar, presença em alimentos e mais
Dentes
Flúor na higiene bucal: conheça os benefícios, como usar, presença em alimentos e mais
A saúde bucal depende de uma série de cuidados com a cavidade bucal. O uso e consumo de flúor, por exemplo, é o principal deles. Embora seja um elemento de pouco destaque na tabela periódica, ele é um grande aliado para a saúde do seu sorriso e fazemos uso dele todos os dias, mesmo sem se dar conta....
Enxerto ósseo dentário: um guia completo sobre o procedimento odontológico
Dentes
Enxerto ósseo dentário: um guia completo sobre o procedimento odontológico
Você já ouviu falar em enxerto ósseo dentário ? Responsável por ampliar a altura e a espessura do osso, o procedimento é indispensável para quem deseja realizar um implante no dente. Mas, assim como qualquer outra técnica odontológica, o enxerto ósseo dentário também...
Ausência de cálcio nos dentes: como identificar?
Dentes
Ausência de cálcio nos dentes: como identificar?
Você sabia que o cálcio é um nutriente essencial para manter a saúde dos seus dentes? Sim, isso mesmo! Além de garantir o funcionamento de outras partes do organismo, ele participa ativamente na formação, no crescimento e até mesmo na manutenção dos dentes e dos ossos. Apesar do...
Dente furado pode provocar mau hálito?
Dentes
Dente furado pode provocar mau hálito?
O surgimento de um dente furado é sempre sinônimo de prejuízos para a saúde bucal. Isso porque, além de indicar a presença de cárie, o quadro também pode resultar em outros problemas bucais, como sensibilidade nos dentes e gengiva inchada. Mas, o que poucos pacientes sabem é que, o dente...
Antibiótico pode causar manchas nos dentes: mito ou verdade?
Dentes
Antibiótico pode causar manchas nos dentes: mito ou verdade?
O surgimento de manchas nos dentes pode ser causado por uma série de fatores diferentes. O desgaste do esmalte dentário e o consumo excessivo de flúor, por exemplo, são os principais entre eles. O que poucos pacientes sabem é que, o uso indevido ou exagerado de antibióticos também pode resultar nas...
Infiltração no dente pode causar dor de cabeça? Especialista explica!
Dentes
Infiltração no dente pode causar dor de cabeça? Especialista explica!
Dentre as diversas doenças bucais, a infiltração no dente é uma das que trazem mais...
com a participação de:
Julliane Gonzalez
CRO-RJ: 49513