Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
25.06.2019

Como fazer a higiene bucal depois da cirurgia ortognática?

Cuidar da higienização bucal após a cirurgia ortognática é fundamental para obter o melhor resultado; veja algumas dicas da dentista Rhianna Barreto
Cuidar da higienização bucal após a cirurgia ortognática é fundamental para obter o melhor resultado; veja algumas dicas da dentista Rhianna Barreto

Expert

Rhianna Barreto

Rhianna Barreto

CRO-RJ:37448

Cirurgia bucomaxilofacial, Dor Orofacial e Disfunção Temporomandibular e Odontologia Hospitalar

Se você está considerando a possibilidade de fazer cirurgia ortognática, seja por uma questão estética ou por orientação médica, é preciso ter em mente que os cuidados que vem em seguida são fundamentais para que o resultado seja um sucesso. Como este é um procedimento que interfere significativamente nas articulações do rosto, o pós-operatório é uma fase que precisa ser levada muito a sério pelo paciente. Confira as orientações da especialista Rhianna Barreto a seguir.

Quais são as principais recomendações durante o pós-operatório da cirurgia ortognática?

Segundo a dentista, os cuidados iniciais devem ser realizados pela própria equipe de enfermagem ainda no período de internação, que vai auxiliar na higienização. Quanto a alimentação, ela afirma que deve ser orientada por um profissional, já que nesse período recomenda-se a ingestão de substâncias pastosas e frias.
Além disso, a especialista também indica acompanhamento psicológico para controlar a ansiedade que gira em torno do resultado, e fala sobre a manutenção do aparelho ortodôntico e dos elásticos, utilizados no pós-operatório. “A manutenção deve ser feita regularmente, além de fisioterapia para auxiliar na recuperação da fala, movimentos mandibulares e controle de edema e parestesia.”

Como deve ser feita a higienização bucal durante esse momento? Que cuidados o paciente deve ter?

A limpeza dos dentes após a cirurgia não é das mais fáceis devido ao inchaço, a falta de controle mandibular e a dor, mas ela não deve ser deixada de lado em nenhum momento. Com uma higiene leve e branda no início, Rhianna alerta que esse é a melhor maneira de evitar cáries e infecções no local da ferida cirúrgica. “A higienização deve ser mantida regularmente, após as refeições por meio escovação (escova macia ou cirúrgica) e utilização de colutórios específicos, a base de clorexidina 0,12% (recomendado por tempo específico pelo cirurgião dentista), além do uso do fio dental (assim que possível)”, orienta.

Que mudanças devem ser feitas com relação à escovação e o uso do fio dental durante esse período?

Após a cirurgia, é preciso adotar algumas mudanças em nossos hábitos para fazer com que a recuperação seja a melhor possível. “As escovas dentais devem ser macias, específicas para pós-operatório e colutórios. Os cremes dentais também são específicos, geralmente à base de clorexidina 0,12%, e normalmente são prescritos pelo cirurgião”, recomenda.
Fora isso, o aparelho ortodôntico utilizado após a cirurgia deve ser higienizado com fio dental adequado, e a sua manutenção deve ser feita logo que possível.

Quanto tempo dura a recuperação da cirurgia?

A média de internação hospitalar costuma durar de 3 a 7 dias, com afastamento de atividades em geral de 15 a 30 dias. No entanto, esse prazo pode variar de acordo com a cirurgia realizada, segundo a especialista. Além disso, a recuperação e resultado final pode demorar até 6 meses, contando com atuação de diversos profissionais como cirurgião bucomaxilofacial, ortodontista, fisioterapeuta, psicólogo e nutricionista.

Este artigo tem a contribuição do especialista: 

Rhianna Barreto - Cirurgiã-Dentista

Rio de Janeiro - RJ

CRO-RJ:37448

Mais Matérias: Anatomia Bucal
Úvula: o que é? Entenda a importância do sininho da garganta e os cuidados necessários com a região
Anatomia Bucal
Úvula: o que é? Entenda a importância do sininho da garganta e os cuidados necessários...
Você sabe o que é úvula? Também conhecida como “sininho da garganta”, essa...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Boca seca: o que é? Quais são as causas? Conheça os principais tratamentos para a xerostomia
Anatomia Bucal
Boca seca: o que é? Quais são as causas? Conheça os principais tratamentos para a xerostomia
Você tem a boca seca? Essa sensação pode ser muito comum após uma noite de sono, mas se o problema permanecer por horas ou, pior, por dias, pode ser um sinal de alerta para xerostomia. Se você quer entender melhor esse distúrbio, o Sorrisologia esclareceu a origem, principais causas e tratamentos para combater...
Ronco nunca mais! 5 dicas para se livrar do problema
Anatomia Bucal
Ronco nunca mais! 5 dicas para se livrar do problema
Algumas pessoas têm problemas com ronco  durante à noite, e por mais que não seja a melhor...
com a participação de:
Robson Caumo
CRO-RJ: 30043
Você ronca ao dormir? Dentista explica a relação disso com a sua saúde bucal
Anatomia Bucal
Você ronca ao dormir? Dentista explica a relação disso com a sua saúde bucal
Roncar é bem mais comum do que se imagina, por mais que muitas pessoas não tenham a consciência...
com a participação de:
Robson Caumo
CRO-RJ: 30043
Frenectomia: o que é? Saiba mais sobre a cirurgia para solucionar a língua presa
Anatomia Bucal
Frenectomia: o que é? Saiba mais sobre a cirurgia para solucionar a língua presa
Quem tem a língua presa, além de sentir dificuldade para falar e se expressar desde cedo,...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Sorriso gengival: o que é? Quais as causas? Tem tratamento? Tudo que você precisa saber sobre o problema
Anatomia Bucal
Sorriso gengival: o que é? Quais as causas? Tem tratamento? Tudo que você precisa saber sobre o...
Você já ouviu falar no sorriso gengival ? Trata-se do sorriso que mostra uma quantidade exagerada de gengiva. Mas o que será que causa esse tipo de sorriso? Será que essa condição tem tratamento? Por que se livrar desse desconforto pode ser uma boa ideia? Confira tudo que você precisa saber sobre o assunto...