Quando se trata de escova de dentes, é comum que as pessoas pensem que apenas um pouco de água é suficiente para mantê-la limpa. Entretanto, assim como a cavidade bucal, o instrumento também também precisa de cuidados especiais para evitar a contaminação por bactérias e vírus, como a COVID-19. Por isso, as desinfecções são fundamentais! Mas você sabe como fazê-las? Para te ajudar nessa tarefa, conversamos com a dentista Camila Sodré que trouxe um passo a passo para ajudar a entender melhor como esse procedimento deve ser feito.

Entenda a importância da limpeza da escova de dentes para sua saúde bucal

Você pode até achar estranho limpar algo que tem por função fazer limpeza. Mas, de acordo com a profissional, é exatamente isso que você deve fazer com a sua escova de dente. “Depois de usada, a escova pode estar contaminada por diversos microrganismos que chegam ao instrumento pelo ambiente ou pela cavidade bucal, permanecendo entre 1 a 7 dias nela”, explica. Esses microrganismos quando acumulados podem causar uma série de doenças bucais, como cárie, gengivite e periodontite. Além disso, podem deixar a cavidade bucal mais suscetível a outras problemas de saúde, como herpes e COVID-19. Por isso, limpar o acessório é a principal maneira de eliminar as chances de contaminação na boca pela própria escova.

É preciso ter alguns cuidados diários com a escova de dentes

Como a escova de dentes tem contato direto com todos os componentes da boca, é preciso que o paciente tenha alguns cuidados com esse instrumento. Não dividi-la com outra pessoa é o primeiro deles. “Se uma das pessoas estiver infectada com alguma bactéria, vírus ou fungo, pode haver a contaminação da pessoa que for utilizar em conjunto”, revela a profissional.

Outro fator importante é o armazenamento do acessório. “O ideal é que a escova não seja guardada no banheiro. Isso porque a presença de microrganismos e coliformes fecais podem ser disseminados com o acionamento da descarga, contaminando o acessório”. Por isso, o ideal é que a escova de dentes seja ser guardada em um local fechado, como um armário fora do banheiro.

Siga o passo a passo para desinfetar a sua escova de dentes

Além dos cuidados diários com a escova de dentes, o paciente deve saber como desinfetá-la para evitar a contaminação e garantir a sensação de hálito fresco e boca limpa. Nesse caso, é de suma importância a colaboração e empenho do paciente para seguir os cuidados indicados. Veja o passo a passo da especialista e saiba o que fazer:

1) Depois de escovar os dentes, lave a escova na água corrente;
2) Seque a escova com leves batidas na pia para tirar o excesso da água;
3) Para evitar que as cerdas fiquem úmidas, aplique uma pequena quantidade de enxaguante ou antisséptico bucal, normalmente usados para bochechos. Nesse caso, é indicado usar um protetor para a cabeça da escova, com a parte interna também embebida pela solução antisséptica;
4) Lave bem a escova de dentes para remover o resíduo do antisséptico antes de usá-la novamente;
5) Deixe a escova de dentes secar ao ar.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Camila Stofella Sodré - Doutoranda em Clínica Médica pela UFRJ. Mestre em odontologia com área de concentração em reabilitação oral / prótese. Especialista em prótese dentária.
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 40419