Para conquistar o tão sonhado sorriso branquinho dos comerciais de pasta de dente, muitas pessoas recorrem a técnicas e métodos encontrados na internet hoje em dia. Mesmo sem saber se essas práticas são confiáveis, muitos arriscam e botam sua saúde bucal em jogo, e experimentam, por exemplo, usar casca de banana como forma de promover o clareamento dental. Pensando nisso, o Sorrisologia entrevistou o especialista em dentística restauradora Alexandre César para esclarecer se a técnica da casca de banana para clarear os dentes funciona e se é algo seguro.

Utilizar casca de banana no clareamento realmente funciona?

Acredita-se que por causa de alguns nutrientes próprios da banana, como o potássio e o magnésio, sua casca pode ter o poder de remover manchas superficiais do esmalte dental, fazendo uma espécie de “clareamento” dos dentes. De acordo com o especialista, a ideia da técnica é a pessoa usar as cascas de banana esfregando a parte interna delas nos dentes por 5 minutos, durante 2 semanas, escovando-os normalmente logo após. Isso pode até trazer algum impacto na cor nos dentes de alguém que não tem o hábito de realizar a higiene bucal todos os dias, mas não é algo comprovadamente benéfico para o seu sorriso.

Clarear os dentes com casca de banana é seguro?

Segundo o profissional, a ADA (American Dental Association) ainda não se pronunciou sobre a banana, mas reprova qualquer outro tipo de clareamento com o uso de frutas, como limão e morango. “O alto conteúdo de ácidos nessas frutas pode, no final das contas, desgastar demais o esmalte dental, sem contar que nunca vai clarear com a mesma eficácia que um clareamento feito pelo dentista”, afirma.
Isso porque os produtos utilizados pelo dentista para clarear penetram profundamente nos dentes, e podem até mesmo ferir as gengivas, sendo necessário proteger essa região. “Produtos caseiros que clareiam milagrosamente não podem ter essa alta concentração de clareadores porque poderiam queimar as gengivas”, revela Alexandre.

Acompanhamento profissional é a melhor opção

Em um primeiro momento, as técnicas que não são feitas com um especialista podem até resultar em dentes mais “claros”, pois elas realmente “limpam” a superfície. Entretanto, isso acaba desgastando o esmalte dentário e pode se tornar algo prejudicial para o sorriso do paciente. “A camada do esmalte é fina e, após fazer isso várias vezes, você está perdendo o volume do seu esmalte e seus dentes vão começar a ficar amarelos, porque vai aparecer a dentina”, alerta o dentista. Além do mais, vale destacar que o resultado desses clareamentos feitos com receitas caseiras nem se compara com o resultado que o realizado com um profissional qualificado.

5 motivos para fazer o clareamento dental com um especialista

1) Segurança de não estar estragando o esmalte dental;
2) Rapidez no tratamento;
3) Mais conforto usando moldeiras do que esfregando limão com bicarbonato;
4) Segurança na indicação correta feita por um profissional, que vai dizer antes quais áreas não vão clarear;
5) Segurança de não queimar as gengivas nem causar um dano permanente dentro da boca;

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Alexandre César - Dentista especializado em Implantodontia e Dentística Restauradora
São Paulo, SP
CRO-SP: 52261