Soluções “faça você mesmo” são sempre bastante procuradas por quem tem uma rotina apertada. Para esses, a opção de conseguir dentes mais brancos em casa pode parecer tentadora, mas antes de partir para os procedimentos caseiros, é bom tomar cuidado. Ainda que seja possível resolver o problema dessa maneira, é preciso primeiro buscar as orientações certas. Para entender a importância da instrução médica, conversamos com o dentista especialista em estética Marcelo Gianinni e esclarecemos como evitar surpresas desagradáveis no caminho.

Arrume um tempinho para visitar o consultório e discutir as opções

Todo mundo entende que, nos dias de hoje, ter algum tempo livre é raridade. É normal que os afazeres e obrigações quase não deixem espaço para os cuidados com a saúde ou a estética. Apesar disso, se você deseja optar pelo clareamento caseiro, é necessário criar um lugar na agenda para visitar o seu dentista. Só ele pode escolher o melhor procedimento e, a partir daí, traçar as coordenadas para a execução. O tratamento, mesmo caseiro, está longe de ser independente.

Entenda os riscos

Quando se pensa no que pode dar errado, Marcelo explica que as consequências podem aparecer em cenários, sejam simples ou até mais preocupantes. É porque os resultados negativos vão desde não conseguir o efeito esperado à até mesmo fraturas dentais. “Uma das sequelas mais complexas são a forte hipersensibilidade e até uma “dor” indesejável”, explica. As fraturas dentais e danos ao tecido pulpar, de acordo com o dentista, são algumas evidências científicas de como o uso incorreto dos agentes clareadores pode ser prejudicial ao bem-estar do paciente.

Mantenha os cuidados mesmo após conseguir o resultado

É sempre bom lembrar que não existe passe de mágica e que todo procedimento precisa de um tempo mínimo para ser executado. Se alguma técnica prometeu milagres, desconfie. Fora isso, o clareamento não é definitivo. Quando a intenção é permanecer com o sorriso ainda mais iluminado por um bom tempo, alguns cuidados são necessários. Além de vigiar a alimentação e evitar comidas e líquidos que mancham os dentes, a melhor dica é não abandonar o consultório e visitar regularmente quem sabe como deixar seu sorriso cada vez mais bonito.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Marcelo Giannini - Odontologista
Piracicaba - SP
CRO-SP 48725